Tags: Obrigações | Ações |

PSI 20 contraria Europa e fecha em queda


 

Entre as congéneres da bolsa portuguesa, os ganhos oscilaram entre 0,53% de Frankfurt e 1,09% de Londres, depois de os novos pedidos de subsídio de desemprego nos Estados Unidos terem recuado para mínimos de cinco anos e com títulos como a Easyjet em forte alta após apresentar crescimento de receitas.

Na NYSE Euronext Lisbon, o PSI 20 caiu 0,87% para 6.282,24 pontos, com 15 títulos negativos, quatro positivos e um inalterado, o Banif, que fechou a cotar a 0,145 euros. Ainda no sector financeiro, o BPI recuou 2,74% para 1,276 euros, o BCP desceu 4,35% para 0,11 euros e o BES perdeu 2,43% para 1,122 eruros, a corrigirem dos recentes ganhos, enquanto o ESFG terminou com uma subida de 0,09% para 5,42 euros.

Em alta fecharam apenas mais três títulos, Mota-Engil, Portucel e Sonae Indústria, com subidas de 1,03%, 3,31% e 4,23%, respectivamente, para 2,25 euros, 2,75 euros e 0,64 euros.

O dia foi negativo para a área de tecnologia e telecomunicações, com a Zon Multimédia em queda de 2,53% para 3,16 euros, Sonaecom a cair 3,64% para 1,457 euros e Portugal Telecom a perder 0,02% para 4,19 euros.

No sector energético, a EDP encerrou o dia com uma desvalorização de 1,13% para 2,36 euros, a Renováveis a deslizar 0,69% para 4,31 euros, a Galp Energia a cair 0,08% para 12,49 euros e a REN com uma descida de 0,04% para 2,299 euros.

Em terreno negativo fechou igualmente a Jerónimo Martins, recuando 0,84% para 15,865 euros.

O Mais Lido

Próximos eventos