Tags: Obrigações | Ações |

PSI 20 contraria Europa e fecha a perder


 

Entre as congéneres da bolsa portuguesa, as valorizações oscilaram entre 0,55% de Londres e 0,86% de Frankfurt, depois de os presidentes do BCE, Mario Draghi, e da Fed, Ben Bernanke, terem sinalizado que irão manter o apoio monetário à economia, num dia em que a Bayer subiu após ter estimado um aumento das receitas este ano e a Telefonica valorizou com resultados melhores que o esperado.

Na NYSE Euronext Lisbon, o PSI 20 desceu 0,23% para 5.987,71 pontos, com 15 títulos negativos, quatro positivos e um inalterado, o BCP, que encerrou a cotar a 0,109 euros.

Ainda no sector financeiro, o BPI perdeu 0,4% para 1,246 euros, o BES recuou 1,5% para 0,921 euros, tendo o Banif avançado 0,76% para 0,133 euros e o ESFG progredido 0,78% para 5,16 euros.

Em alta fechou também a Jerónimo Martins, a corrigir da forte queda de ontem, com a subida de 0,96% para 15,265 euros a ajudar a travar uma maior queda do PSI 20.

Entre as energéticas, a EDP foi a excepção ao terminar o dia em alta de 0,66% para 2,298 euros, enquanto a EDP Renováveis caiu 0,13% para 3,94 euros, a Galp Energia recuou 0,34% para 11,82 euros e a REN perdeu 0,76% para 2,345 euros.

O dia foi negativo para os títulos da área de tecnologia e telecomunicações, com Portugal Telecom a desvalorizar 0,54% para 3,879 euros, Sonaecom a descer 0,65% para 1,52 euros e Zon Multimédia em queda de 0,09% para 3,44 euros.

Próximos eventos