Tags: Negócio |

PSI-20 com volatilidade de 25% no primeiro mês do ano


“Ano novo, vida nova” é o que nos diz o ditado popular. No entanto, no caso dos mercados financeiros nem sempre esta premissa é verdade. No último mês do ano a volatilidade no PSI-20 atingiu os 25,62%, e no primeiro mês de 2015 os valores não oscilaram muito, com a “palpitação cardíaca” a atingir 25,56%. Já a amplitude foi superior, com a variação entre o mínimo e o máximo a ser de 16,36%, segundo os dados publicados pela CMVM. O principal índice bolsista nacional fechou o mês a cotar nos 5.144,55 pontos, acima dos 4.798,99 pontos com que fechou o ano passado.

UPs com pouca variação

Em termos de capitalização bolsista, as UPs fecharam o mês de janeiro a cotar em 299,7 milhões de euros, menos 0,2% do que no final de 2014. Também a Euronext Lisbon perdeu valor, ao fechar o mês passado com mais de 237.626 milhões de euros, o que corresponde a uma redução de cerca de 1,1% face ao final do mês de dezembro.

OICVM e FIA em sentido descendente

No que toca aos organismos de investimento colectivo e aos fundos de investimento alternativos houve um decréscimo entre novembro e dezembro. A CMVM apresenta estes dados desfasados em um mês, sendo que de novembro para dezembro estes produtos caíram 0,7% para quase 11.600 milhões de euros. Em termos de número de fundos, no final de 2015 existiam 211 produtos disponíveis para os investidores nacionais.

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos