Tags: Obrigações | Ações |

PSI-20 cai mais de 1%


O PSI-20 fechou a sessão de hoje em linha com as suas congéneres europeias, ao cair 1,28% para os 6.378,58 pontos. Das 20 cotadas que compõem o índice, apenas 4 conseguiram valorizar, sendo que dsa 16 que cairam, a grande maioria desvalorizou mais de 1%

O destaque pela positiva vai para a EDP Renováveis (0,08% para 3,8 euros), Portucel (1,33% para2.89 euros), Semapa (1.08% para 8.31 euros) e Sonae Indústria (0,49% para 0.61 euros).

Banca com forte queda

No setor financeiro, todas as instituições viram o seu valor em bolsa cair. O Banco de Fernando Ulrich caiu 2.11% para os 1,16 euros. Já o BCP foi o grande derrotado com dia com uma queda acima de 3% para os 14,47 cêntimos enquanto o BES  caiu 1,48% para os 99,9 cêntimos de euro.

Pesos-pesados afundam

As grandes capitalizações do PSI-20 cairam. A Galp energia viu o seu valor resvalar 1.58% para 11.49 euros, enquanto a dona da Pingo Doce ciu 1.64% para 14,06 euros. A Portugal Telecom afundou 0,49% para fechar o dia a cotar nos 3,26 euros.

Rui Bárbara, do Banco Carregosa, refere que "Os mercados europeus estiveram hoje em baixa, mantendo a tendência que vem desde o início deste mês, há duas semanas. Há, entre os investidores, receios renovados sobre a retirada de estímulos à economia por parte do FED. Mas o que terá estado mais relacionado com a queda de hoje foram dados económicos sobre a economia da zona euro que foram divulgados. Em particular, a Produção industrial da Zona Euro, de Outubro, que veio muito abaixo das expectativas. Afinal, a recuperação que era dada como certa na segunda metade do ano na Europa pode não estar tão firme e adiantada como os analistas pensavam e foi, essencialmente, essa notícia que fez recuar os preços". 

 

Profissionais

Próximos eventos