Tags: Obrigações | Ações |

PSI 20 cai com maioria dos títulos negativos


 

Entre as congéneres da bolsa portuguesa, Frankfurt foi uma excepção, ao somar 0,13%, enquanto Madrid caiu 0,52%, Paris recuou 1,15% e 1,06%, no dia em que o BCE deixou a taxa de juro de referência inalterada em 0,75% e o seu presidente, Mario Draghi, referiu que a recuperação económica deverá recomeçar no final deste ano, no âmbito de uma continuada política monetária acomodatícia.

Na NYSE Euronext Lisbon, o PSI 20 caiu 0,35% para 6.115,41 pontos, com seis títulos positivos, 11 negativos e três inalterados, concretamente, a Cofina, o Banif e o BCP, que fecharam a cotar a 0,57 euros, 0,138 euros e a 0,107 euros, respectivamente.

Ainda no sector financeiro, o BPI subiu 0,55% para 1,275 euros, o BES perdeu 1,2% para 0,985 euros e o ESFG deslizou 1,34% para 5,17 euros.

Entre os títulos que mais contribuíram para a queda do índice esteve a Jerónimo Martins, a exemplo da sessão anterior, que encerrou a desvalorizar 1,55% para 15,2 euros. Nas energéticas, a Galp caiu 0,59% para 11,78 euros, a REN desceu 1,28% para 2,32 euros e a EDP Renováveis perdeu 0,26% para 3,89 euros, tendo a EDP somado 0,08% para 2,39 euros.

A sessão foi positiva para os títulos da área de tecnologia e telecomunicações, com a Portugal Telecom a valorizar 0,17% para 4,154 euros, a Sonaecom em alta de 0,96% para 1,474 euros e a Zon Multimédia a progredir também 0,96% para 3,267 euros.

O Mais Lido

Próximos eventos