Tags: Obrigações | Ações |

PSI-10 fecha a semana a cair mais de 1%


A praça lisboeta fechou a semana a cair 1,24% para os 6.232,05 pontos. A sessão foi marcada por uma enorme pressão vendedora, tendo o principal índice nacional  fechado com apenas 2 cotas no verde, 17 a cair e uma inalterada.

Na restante Europa o sentimento foi misto, com as praças alemã e francesa a cairem 0,03% e e 0,48%, respetivamente. Do lado positivo o grande destaque vai para o AEX25 que valorizou 0,22%. Madrid fechou a sessão a valorizar 0,07%.

Mota-Engil e Portucel escapam do vermelho

A Mota-Engil e a Portucel foram as únicas cotadas que viram o seu valor crescer no PSI-20. A construtora subiu 0,38% para os 3,71 euros. Já a empresa de Pedro Queiroz Pereira fechou a cotar nos 2,83 euros depois de ter valorizado 0,25%.

Banca lidera perdas

É no setor bancário que as quedas foram mais acentuadas. O BES caiu 2,54% para os 0,998 euros. Já o banco de Nuno Amora resvalou 1,84% para os 0,119 euros. O BPI viu a sua cotação cair 2,21% para os 1,15 euros. Já o BANIF fechou com a mesma cotação de ontem, ou seja, 0,008 euros.

Pesos-Pesados KO

Os pesos pesados também viram o seu valor diminuir no principal índice de referência nacional. A Jerónimo Martins caiu 1,75% para os 14,6 euros. Já a Portugal Telecom desvalorizou 0,85% para os 3,27 euros enquanto a EDP viu o seu valor diminuir 0,04% para os 2,69 euros. A Galp Energia caiu 1,4% para se fixar nos 12,31 euros.

Próximos eventos