Private equity no Brasil movimentou 21 mil milhões entre 2010 e 2012


A indústria de private equity e venture capital já representa uma parte significativa do Produto Interno Bruno do Brasil. No triénio que terminou em 2012, o valor do investimento anual foi de 21,2 mil milhões de dólares, o que contrasta com os 6,4 mil milhões do triénio anterior. Este aumento em mais de 300% mostra que o país está cada vez mais a apostar nestes investimentos, sobretudo ao nível dos fundos de pensões. Paralelamente, a taxa de retorno fixou-se nos 23%, com um desvio padrão da amostra de 34%.

Estes são alguns dos resultados que irão fazer parte do Panorama do Ecossistema de Private Equity e Venture Capital no Brasil 2010-2012, que irá sair até ao final do ano. Este estudo técnico é realizado pelo Centro de Estudos em Private Equity e Venture Capital da Fundação Getulio Vargas (GVCepe), em parceira com o Instituto de Pesquisa Económica Aplicar (IPEA).

De acordo com os dados preliminares, no final de 2012, o Brasil tinha mais de 53 mil milhões de dólares de capital comprometido, sendo que desses, 33 mil milhões eram representados por investimentos acima de 500 milhões de dólares. Foram analisados quase 280 investimentos no triénio, sendo que 36 tinham mais de 500 milhões de dólares, e 11 desses acima de mil milhões de dólares.

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

O Mais Lido

Próximos eventos