Prémio misto moderado euro atribuído a ES Estratégia Activa


 

O Espírito Santo Estratégia Activa foi distinguido com o prémio de melhor fundo na categoria misto moderado euro, na edição de 2013 dos prémios Morningstar/Diário Económico.

Constituído em Julho de 2004, este é um fundo flexível que pode, “em cada momento, investir e acções ou fundos harmonizados de acções; obrigações ou fundos harmonizados de obrigações de taxa fixa; obrigações ou fundos harmonizados de obrigações de taxa variável e instrumentos do mercado monetário”,  como é referido no prospecto do mesmo.

O ES Estratégia Activa acumula um volume de activos sob gestão de 30,4 milhões de euros e, à data de ontem, as cinco principais posições em carteira eram concretamente: Dow Jones Euro (10,33%), Eirles Var 07-06/14 (6,59%), PGB 6.4 11-02/16 (5,41%), BCPN Float 05/14 (3,66%) e POPSM 4 13-07/15 (3,37%), segundo a ficha do fundo disponível no site da ESAF.

Quanto à rendibilidade anualizada a 12 meses, esta ascendia a 11,43% a 24 de Maio, de acordo com a informação mais recente divulgada pela APFIPP.

O investimento feita pela sociedade gestora nos diferentes tipos de activos referidos no prospecto é feito “com total discricionariedade não assumindo qualquer compromisso quanto à composição do fundo, regendo as suas opções apenas pela evolução dos mercados”, adianta, no mesmo documento.

Quanto aos riscos, “em resultado da modificação do respectivo património, o risco do fundo pode ser alterado quanto ao risco de taxa de juro, ao risco de crédito e ao risco de preço”, sendo que o fundo poderá ainda “ficar exposto ao risco cambial”. Como poderá investir em instrumentos financeiros derivados com fins diferentes de cobertura poderá “daí resultar um acréscimo de risco no património do fundo”.

O ES Estratégia Activa “adequa-se a investidores com uma perspectiva de médio prazo (período mínimo recomendado de dois anos), com uma carteira de investimento diversificado”, é ainda referido no prospecto.

O Mais Lido

Próximos eventos