Tags: Obrigações |

Poucas alterações no pódio dos fundos de obrigações com mais captações líquidas em fevereiro


O mês de fevereiro, à semelhança do mês anterior, foi positivo para o mercado mobiliário nacional. Segundo dados que constam no relatório da Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios (APFIPP), o mês de fevereiro registou um saldo de superior a 158 milhões de euros de captações líquidas

Contudo, tal como no início do ano, no universo de fundos de obrigações o saldo é novamente negativo. No universo que a APFIPP divide em três categorias – Fundos Obrigações Taxa Indexada Euro, Fundos Obrigações Euro e Fundos Obrigações Internacional – registou-se um saldo negativo de 4,3 milhões de euros. Apesar disso, 11 fundos foram capazes de obter entradas líquidas positivas em fevereiro. 

Os primeiros três lugares são ocupados pelos mesmos fundos do mês passado, ainda que em fevereiro a melhor performance tenha sido a do fundo BPI Obrigações Mundiais.

Assim, o destaque no segundo mês do ano vai para o único fundo que ultrapassou a barreira dos 10 milhões de euros em captações líquidas, cuja responsabilidade recai sobre a BPI Gestão de Activos, o BPI Obrigações Mundiais, que registou saldo positivo superior a 12 milhões de euros. Em segundo lugar surge o Santander MultiCrédito, da Santander Asset Management, com um total de captações líquidas de 4,5 milhões de euros no mês em questão.O pódio é completado pelo fundo da responsabilidade da Crédito Agrícola Gest, o CA Rendimento, um fundo que detém os selos Blockbuster e Consistente Funds People, com um saldo positivo superior a 3 milhões de euros.  

Por outro lado, foram três os fundos capazes de registar um saldo de captações líquidas superior a um milhão de euros. Falamos de dois fundos da responsabilidade da Caixagest, o Caixagest Obrigações Longo Prazo e o Caixagest Obrigações, com um total de captações líquidas de 2,8 milhões de euros e 2,7 milhões de euros, respetivamente. O terceiro fundo é o IMGA Iberia Fixed Income, da responsabilidade da IM Gestão de Ativos, com um saldo positivo de um milhão de euros. 

Por fim, os fundos que registaram um total de captações superior a 100 mil euros são o IMGA High Yield Bond Selection, da IM Gestão de Ativos, e o Caixagest Obrigações Mais, da Caixagest, que, depois de em janeiro ter registado um saldo negativo de 34 mil euros, consegue uma recuperação, atingindo um saldo positivo de 124 mil euros em fevereiro. 

capta__es_liquidas
Nota: dados APFIPP, fevereiro de 2017

Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos