Tags: Negócio |

Portugal no cenário europeu das captações protagonizadas por fundos UCITS


As últimas informações divulgadas pela EFAMA no seu relatório referente ao último trimestre de 2014, com dados que englobam também todo o ano,  não constituem uma novidade no que diz respeito ao mercado nacional de fundos UCITS. Os números não são positivos, no período que abarca os meses de outubro, novembro e dezembro, que, como se sabe, foram de digestão de muita informação no panorama financeiro português.

No que diz respeito às captações líquidas que cada país membro da EFAMA alcançou no quarto trimestre do ano passado nos fundos harmonizados, Portugal posiciona-se no ‘lote’ das 8 nações que assistiram a outflows nos produtos com marca UCITS.  

Globalmente foram 44 milhões de euros que saíram dos fundos harmonizados nacionais no quarto trimestre, o que fez com que Portugal se posicionasse “lado a lado” com países como a Croácia (com um resgate trimestral de 64 milhões de euros) ou o Liechtenstein, de onde saíram 23 milhões de euros no trimestre. Mas a grande ‘perdedora’ no período foi França,  já que nos últimos três meses de 2014 os fundos UCITS franceses sofreram saídas de 19.718 milhões de euros.

Categoria a categoria

Num olhar que foca cada uma das categorias de fundos harmonizados, denota-se que Portugal, no trimestre, viu sair dinheiro de todas as categorias de fundos UCITS à exceção de uma. Os fundos de mercado monetário conseguiram captações de 89 milhões de euros no quarto trimestre, e, em todo o ano de 2014, os inflows ascendem aos 375 milhões de euros. Do lado contrário, aparecem os fundos de obrigações. Estes produtos UCITS registaram saídas de dinheiro na ordem dos 89 milhões de euros. (veja abaixo os restantes dados referentes às captações líquidas por categoria de fundos UCITS).

Captações líquidas dos fundos UCITS em Portugal (milhões de euros)

Contraste com a vizinha Espanha

Aqui tão perto, mas tão longe de em termos de inflows. Assim é a comparação entre o mercado português e o mercado espanhol em termos de captações nos fundos harmonizados, no período em análise. Os dados da EFAMA mostram que em Espanha as entradas trimestrais neste tipo de produto alcançaram um valor positivo de 5.966 milhões de euros. 

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

O Mais Lido

Próximos eventos