Tags: Obrigações | Ações |

Portugal emite dívida com taxa negativa


Pela primeira vez na sua história, Portugal emitiu dívida com taxas negativas na manhã desta quarta-feira. A “eleita” foi a emissão dos Bilhetes do Tesouro a seis meses, com a taxa a ser de -0,002% com um montante colocado de 300 milhões de euros. A procura atingiu 4,6 vezes a oferta.

Já na outra emissão realizada para os Bilhetes do Tesouro a doze meses a taxa foi de 0,021% tendo sido colocados 1.200 milhões de euros.

Para Filipe Silva, Diretor da Gestão de Activos do Banco Carregosa, “embora não seja um dado impressionante para quem acompanha os mercados, não deixa de ser uma novidade Portugal estar a emitir a taxas negativas. Como os Bilhetes de Tesouro não pagam juro cupão, estamos a falar de uma emissão acima do par. Os BT a 6 meses foram emitidos a um preço médio de 100.001. Ou seja, o Estado recebe hoje 100.001, mas só vai ter que entregar 100 daqui a 6 meses. Isto é pedir dinheiro emprestado a custo zero. Esta taxa negativa é um mínimo histórico nas emissão neste prazo. A 12 meses, os dados não se afastaram do que estávamos à espera.

Este movimento é, acima de tudo, o resultado do plano de compras de ativos do BCE. Mesmo assim, Portugal continua a  ser uma das melhores alternativas de investimento na zona euro. Este nível de taxas é muito positivo para descer o custo médio da dívida portuguesa.”

Profissionais
Empresas

Próximos eventos