Tags: Negócio | Europa |

Portugal em 32.º lugar no ranking ESG da Candriam


O norte da Europa ocupa os primeiros lugares no ranking dos 123 países analisados pela Candriam ao nível do investimento sustentável e responsável. Portugal está mais abaixo, numa análise que considera quatro tipos de capital: humano, natural, social e económico.

Esta análise, que pretende entender como a sustentabilidade interfere no desenvolvimento global da sociedade e como deve gerar fluxos de capital, vai além dos fatores económicos. São quatro as categorias de capital em estudo, que incorporam várias questões ESG, avaliadas através de um conjunto de indicadores de desempenho chave ou KPIs. O capital humano identifica países com maior produtividade económica e criativa; o capital natural avalia como um país é gerido em termos de sustentabilidade dos seus recursos naturais; o capital social engloba indicadores como a sociedade civil e as instituições do estado, incluindo níveis de transparência e democracia, ou corrupção e opressão; e o capital económico mede a capacidade dos países para financiar e apoiar políticas de sustentabilidade a longo prazo.

Nestes domínios, Portugal manteve níveis semelhantes àqueles que tinha atingido no ano de 2016. Em 2017, o capital humano atingiu os 57,59 de score, inferior ao capital natural, com 64,21. O capital social é aquele que alcança a pontuação mais elevada, com 69,83, e o capital económico tem o valor mais baixo, 38,41. A Suécia, a Noruega, a Suíça, a Islândia e o Luxemburgo compõem o top 5 deste ranking, com os valores mais elevados nestas categorias. Já o Sudão, Zimbábue, Líbia, Irão e o Turquemenistão encontram-se nas últimas posições.

O ranking ESG da Candriam englobou diferentes tipologias de países, entre eles 35 economias avançadas e 88 economias emergentes.

 

Top_5

Fonte: Candriam, outubro 2017

Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos