Tags: Obrigações | Ações |

Portugal cresce no mercado monetário


No ano passado, o mercado nacional de fundos de investimento conseguiu ter 585,9 milhões de euros em captações líquidas, encontrando-se em 13º lugar do ranking, segundo o relatório “European Fund Market Review” publicado pela Lipper Thomson Reuters. Portugal encontra-se à frente de países como a Rússia, Áustria e França. De acordo com a publicação, existiam, na Europa, 37.870 fundos de investimento no final do ano passado, onde foram lançados 2655 e encerrados 3552 produtos. Houve ainda um crescimento dos ativos em 433 mil milhões de euros para os 6.380 mil milhões de euros.

Portugal em sentido contrário

Das categorias analisada (obrigações, commodities, ações, mistos, mercado monetário, entre outros), Portugal apenas teve captações líquidas positivas nos fundos de mercado monetário, atingindo 1.456 milhões de euros. Nesta categoria, o total europeu apresentou captações líquidas negativas na ordem dos 93 mil milhões de euros, com a França a ter uma performance negativa de mais de 41 mil milhões de euros.

Nesta classe de investimento, Portugal fecha o ano apenas atrás da Espanha (3,4 mil milhões de euros) e da Polónia (1,7 mil milhões de euros).

Nas restantes categorias, Portugal manteve um registo negativo nas suas captações líquidas, de 191 milhões de euros nos fundos de obrigações, 50 milhões nos fundos de ações, 465 milhões nos fundos mistos e 148 milhões nos fundos imobiliários ("property").

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

Próximos eventos