Tags: Europa |

Portugal com o maior crescimento de ativos entre países do sul da Europa


Os fundos UCITS na Europa atingiram no final do primeiro trimestre 9,1 biliões de euros de ativos sob gestão. Um montante que, segundo a EFAMA (European Fund and Asset Management Association), revela um crescimento de 5,2% face ao último trimestre de 2016, conforme o referido pela publicação trimestral da entidade que diz respeito à indústria europeia de fundos de investimento.

Os mercados que mais contribuíram para este incremento foram a França, Reino Unido, Irlanda, Alemanha e Luxemburgo.  Os ativos líquidos dos fundos UCITS domiciliados nestas jurisdições registaram um crescimento de 8%, 6,3%, 5,7%, 5% e 4,5%, respetivamente.

No lote de países do sul da Europa, o grande destaque da EFAMA é dado a Portugal.  A Associação realça no relatório que “o maior crescimento nos ativos líquidos foi protagonizado por Portugal (11,5%), Chipre (5,6%), Espanha (5,1%), Itália (2,2%) e Grécia (1,9%). 

Acima da barreira dos 8.000 milhões

O crescimento trimestral protagonizado pelo nosso país foi portanto de 11,5%, o que correspondeu a um crescimento dos 7.207 milhões de euros, no final de 2016, para os 8.034 milhões, no termino de março. Contudo, o universo de fundos UCITS portugueses não se inalterou de um trimestre para o outro: no final de março passado continuavam a ser 127 produtos.

Países do sul da Europa com maior crescimento nos ativos líquidos dos UCITS: fotografia dos montantes (milhões de euros)

Paises do Sul UCITS

Fonte: EFAMA, 31 de março

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos