Tags: Negócio | Europa |

Portugal “brilha” entre os países da Europa do Sul


A tendência de crescimento no que diz respeito à gestão de ativos nacional parece estar a consolidar-se a olhos vistos. Os últimos dados trimestrais divulgados pela EFAMA são demonstrativos disso mesmo.  Na crista da liderança, em março de 2014, Portugal via os seus ativos líquidos sob gestão dos fundos UCITS crescerem 10,8% face ao início do ano, ficando apenas atrás da Noruega e da Bulgária, cujo património avançou 16,2% e 12,2%, respetivamente.

A “vencer” a Grécia e a Espanha

Atualmente com 8,2 mil milhões de euros de ativos líquidos sob gestão no mercado UCITS, e com uma quota de 0,1% neste âmbito, Portugal foi recordista no crescimento em 2014 face a Espanha ou à Grécia, que viram os seus ativos crescer 8,0% e 10,5%, respetivamente.

Também comparando com o final de 2012, Portugal aparece com um crescimento significativo, de 36,7%, ficando apenas atrás do incremento levado a cabo pela República Checa, Hungria e Roménia.

Numa análise global importa ainda destacar que os ativos líquidos do mercado UCITS a nível europeu cresceram 3,5% desde que 2014  teve início, o que somava 7.106 mil milhões de euros em março de 2014. 

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

Próximos eventos