Tags: Obrigações | Ações |

“Pôr em causa o OE é pôr em causa o próprio programa de ajustamento”


 

O ministro das Finanças, Vítor Gaspar, disse esta tarde, após a entrega da proposta de Orçamento de Estado para 2013 (OE 2013), na Assembleia da República, que esta é a única proposta possível na sequência do quinto exame regular do programa de ajustamento, e alertou para os efeitos de alterações ao documento, assim como para os riscos de um segundo programa de ajustamento ou de uma reestruturação da dívida.

“Esta proposta de Orçamento de Estado é a única possível” após a conclusão do quinto exame da Troika, afirmou Vítor Gaspar, salientando que “pôr em causa o Orçamento é pôr em causa o próprio programa de ajustamento”.

Em conferência de imprensa, considerou que “recuar não é uma boa opção” e afirmou que “um segundo programa de ajustamento ou a reestruturação da dívida tem associados riscos muito sérios”.

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos