Tags: Negócio | Ações |

Pioneer reorienta a sua estratégia nas matérias primas


A Pioneer Investments tomou recentemente a decisão de reorientar o seu fundo que investe em empresas mineiras, o Pioneer Funds - Gold and Mining, que tinha terminado com resultados negativos nos anos de 2011, 2012 e 2013, ainda que este ano tenha alcançado resultados positivos, devido à recuperação momentânea do sector. No passado dia 28 de março a gestora optou por fundir este fundo, disponível em Portugal, com o Pioneer Funds-Real Assets Target Income, recentemente criado (em processo de registo junto da CMVM, em Portugal).

Este novo fundo oferece uma exposição a uma carteira amplamente diversificada de ativos reais, em oposição a uma carteira de nicho que investe globalmente na mineração. “Esta expansão do universo de investimento irá acrescentar valor, adicionando oportunidades adicionais de investimento e diversificação, assim como um potencial mais elevado de captação de rendimentos”, indicam da gestora.

Este produto pretende conseguir uma apreciação moderada do capital, com uma distribuição de rendimentos elevada e sustentável mediante o investimento em ações, e outros instrumentos do mercado de ações. Também investirá em dívida e noutros instrumentos do mercado de obrigações, como dívida soberana ou corporativa de todo o mundo, sem restrições de rating. O fundo procura também criar uma exposição a ativos reais através do investimento em instrumentos ligados a matérias primas, ativos imobiliários e infraestruturas, entre outros. Pode igualmente investir em instrumentos do mercado monetário e cash, tal como pode usar também derivados.

Empresas

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos