Pioneer Investments expande oferta de produtos de gestão alternativa com liquidez diária


A Pioneer Investements anunciou hoje a adição de novas estratégias de produtos com liquidez diária, através de fundos que lança simultaneamente em mercados globais . As duas estratégias estão disponíveis através dos fundos domiciliados no Luxemburgo, em certas jurisdições europeias, e através dos fundos de investimento domésticos norte-americanos.

Precisamente as duas estratégias disponibilizadas em fundos domiciliados no Luxemburgo são:

O Fundo Long/Short Global Bond que providencia exposição tanto em posições curtas, como longas, para uma ampla gama de estratégias de retorno absoluto no mercado de  obrigações e de obrigações de remuneração fixa, incluindo derivados, a nível global. O fundo procura identificar e isolar oportunidades específicas projetadas para gerar retornos absolutos descorrelacionados. O fundo esforça-se por manter uma duração que se insere num intervalo entre -3 a +3 anos, numa tentativa de minimizar a sensibilidade provocada pelas oscilações das taxas de juro.

o Long/Short Opportunistic Credit é similar ao fundo descrito atrás, mas sob circunstâncias normais a duração média da carteira estará entre -4 e 4 anos. Esta duração adicional significa que o fundo acarreta mais risco. O produto prevê  a exposição a uma ampla gama de estratégias alternativas que procuram retornos descorrelacionados das classes de ativos tradicionais. Desta feita o produto utiliza uma grande variedade de estratégias de investimento alternativas e tradicionais, incluindo a exposição a ações e ações que providenciam rendimentos.

Giordano Lombardo, Group Chief Investment officer refere que “os produtos de liquidez  representam uma importante evolução para a Pioneer Investments e uma área onde tem vindo a ser feito um grande compromisso à escala global”. O CIO da entidade, em comunicado, acrescenta ainda: “acreditamos que procura global por produtos alternativos de liquidez vai continuar a crescer, com os investidores a procurarem novas estratégias para além das tradicionais abordagens do mercado de obrigações”. 

Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos