Tags: Negócio |

Pioneer Investments alcança 7,1 mil milhões de euros de vendas líquidas no 1.º trimestre


A Pioneer Investments fechou o primeiro trimestre do ano em alta. Segundo os resultados que a entidade agora dá a conhecer, nos três primeiros meses do ano a gestora registou fluxos globais de 7.1 mil milhões de euros, provenientes principalmente “das fortes vendas líquidas registadas entre as várias geografias e classes de ativos”.

Apoiando-se no forte momento que a gestora viveu em 2014 – período no qual registou 13,2 mil milhões de vendas líquidas – o primeiro trimestre de 2015 apresentou-se como record, com as subscrições a serem provenientes especialmente  da Europa e da América Latina, com o mercado norte-americano a apresentar também uma performance favorável. Os ativos sob gestão da entidade cresceram cerca de 25% para os 225 mil milhões de euros, numa base anual.

Sobre os resultados, Giordano Lombardo, CEO e Group CIO da Pioneer Investments, referiu que “as vendas líquidas no primeiro trimestre representaram mais de metade do total obtido em 2014”. Lombardo reforça também que “estes excelentes resultados são uma maior evidência da performance de investimento consistente, da estratégia inovadora em termos de produto, e da permanente confiança que os investidores têm demonstrado em relação ao nosso negócio”.

Salientando o atual contexto de mercado onde “os investidores estão à procura de novas fontes de retornos ajustados ao risco”, Giordano Lombardo testemunha “o substancial crescimento nos fluxos em muitos dos fundos flexíveis de obrigações, multi-ativos, e de estratégias alternativas líquidas”. Acrescenta que a prioridade da casa continua a ser “a evolução contínua na oferta de produto de forma a serem fornecidas novas fontes de alternativas de retorno para o clientes”. 

Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos