Tags: Emergentes | Latam |

PIB bate expectativas e cresce 1,5%


O PIB brasileiro voltou a crescer mais de 1% no trimestre. Esta foi a grande notícia divulgada pela Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No segundo trimestre deste ano o PIB do Brasil cresceu 1,5,%, apresentado o valor mais alto da governação de Dilma.

Para este aumento muito contribuiu o setor agropecuário que viu o seu PIB crescer 3,9%. Também a indústria e os serviços ajudaram no crescimento, aumentando 2% e 0,8%, respetivamente.

No período homólogo, o crescimento é mais acentuado, atingindo 3,3%, face ao segundo trimestre de 2012.

 

A opinião da Schroders

Para Craig Botham, economista da Schroders para os mercados emergentes, “os dados do Brasil são melhores do que o esperado. Ainda esperamos uma desaceleração do crescimento brasileiro no segundo semestre de 2013, dado o ciclo de aperto monetário do banco central e os dados de atividade económica que foram apresentado. Por exemplo, os inquéritos às empresas privadas estão a indicar que a atividade cai para julho , enquanto o quadro de consumo é cada vez mais sombrio , com a inflação alta a corroer o poder de compra das famílias”.

"No geral, os números brasileiros são uma boa notícia para o governo e para o Banco Central do Brasil . Um forte crescimento permite que o Banco Central consiga atingir a meta de inflação, sem oposição do governo . Esperamos que a taxa de juro suba para os 9,5% até ao final do ano, conclui o economista da Schroders.

Empresas

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

Próximos eventos