Performance dos fundos de obrigações em 2015


Nos dois primeiros meses do ano os fundos de obrigações, cuja entidade gestora é associada da Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios (APFIPP), conseguiram atingir uma rendibilidade média de 5,63%.

No início de 2015 a Associação modificou algumas categorias, sobretudo no que diz respeito à sua denominação e explicação, tendo extinto a categoria dos “fundos de taxa fixa euro”, que foram englobados nos fundos “Obrigações Euro”. Esta categoria junta, assim, os “fundos que investem directa ou indirectamente pelo menos 80% da carteira em obrigações e que sejam denominados em euros”.

Segundo a APFIPP, estes “fundos de obrigações euro” estão na linha da frente no que diz respeito às suas rendibilidades nos dois primeiros meses do ano. Os quatros fundos mais rentáveis desta categoria ocupam as quatro primeiras posições dos fundos de obrigações com melhor performance, com a liderança a ir para o NB Obrigações Europa. Gerido por Vasco Teles da GNB Gestão de Activos, o fundo consegue apresentar ganhos de 9,57% este ano. De acordo com a última ficha mensal sobre o produto, referente a janeiro, o que ajudou a crescer o fundo foi a sua “exposição aos 30 anos italianos”. Segundo a mesma fonte, a carteira apresenta mais de 94% de títulos soberanos.

O Montepio Taxa Fixa, da Montepio Gestão de Activos figura na segunda posição dos produtos com melhor performance no ano corrente. Com uma rendibilidade de 3,49% este produto tinha, no final de janeiro, quase 9,5 milhões de euros em ativos sob gestão. Dívida soberana portuguesa e espanhola ocupam as principais posições da carteira deste fundo de obrigações.

Com uma subida de 3,38% nos dois primeiros meses do ano, figura, na terceira posição dos fundos de obrigações mais rentáveis o BPI Obrigações Alto Rendimento Alto Risco, gerido pela BPI Gestão de Activos. No final de janeiro o produto tinha mais de 17 milhões de euros em património e uma carteira onde os títulos de dívida corporativa dominam.

O Caixagest Obrigações Longo Prazo ocupa o quarto lugar com uma rendibilidade de 2,93%. Gerido pela Caixagest o fundo tem como objetivo o “investimento em títulos representativos de dívida de taxa fixa, expressos em euros e emitidos por entidades públicas ou privadas. Os títulos emitidos por entidades sedeadas na União Europeia deverão representar no mínimo 90% do valor líquido global do fundo”, pode ler-se no prospecto do produto. As suas maiores posições são ocupados por dívida pública italiana e espanhola.

Além destes, contam-se mais quatros produtos da categoria "Obrigações Euro" com rendibilidades assinaláveis no período: o BPI Obrigações Mundiais, o Banif Euro Corporates da Banif Gestão de Activos e ainda o Santander Multi Taxa Fixa da Santander Asset Management.

CA Rendimento, o melhor de taxa indexada

O fundo da CA Gest, CA Rendimento, é o fundo de obrigações de taxa indexada que alcança a melhor rendibilidade em janeiro e fevereiro deste ano. O produto regista um retorno de 1,69% e, tinha, no final de janeiro mais de 326 milhões de euros em ativos sob gestão com a sua carteira a investir em títulos de dívida corporativa e em liquidez.

Fundo da Optimize nos lugares cimeiros

Fora da esfera da APFIPP está o fundo Optimize Europa Obrigações. Sob a responsabilidade da equipa gestora da Optimize Investment Partners, o fundo consegue, no período analisado, uma rendibilidade de 5,97%, segundo a própria entidade gestora. Com esta valorização, e juntando-o aos restantes produtos em análise, o fundo situar-se-ia no segundo lugar do ranking.

Os fundos de obrigações em 2015

FundoCategoria APFIPPGestoraRendibilidade 2015 (%)
 NB Obrigações Europa Obrigações Euro  GNB GA9,57
 Montepio Taxa Fixa Obrigações Euro  Montepio GA3,49
 BPI Obrigações A.R.A.R.  Obrigações Euro  BPI GA3,38
 Caixagest Obrigações Longo Prazo  Obrigações Euro  Caixagest2,93
 BPI Obrigações Mundiais  Obrigações Internacional  BPI GA 2,82
 Banif Euro Corporates  Obrigações Euro  Banif GA2,36
 Santander Multi Taxa Fixa  Obrigações Euro  Santander AM1,78
 CA Rendimento Obrigações Taxa Indexada Euro  CA Gest1,69
 Caixagest Obrigações Mais  Obrigações Euro  Caixagest 1,41
 Popular Euro Obrigações  Obrigações Euro  Popular GA1,37
 Millennium High Yield Bond Selection  Obrigações Euro  Millennium GA1,15
 Santander MultiCrédito  Obrigações Taxa Indexada Euro  Santander AM 0,89
 NB Renda Mensal  Obrigações Taxa Indexada Euro  GNB GA 0,75
 BPI Euro Taxa Fixa  Obrigações Euro  BPI GA 0,68
 Santander MultiObrigações  Obrigações Taxa Indexada Euro  Santander AM 0,67
 Caixagest Obrigações  Obrigações Taxa Indexada Euro  Caixagest 0,66
 NB Capitalização  Obrigações Taxa Indexada Euro  GNB GA 0,61
 Millennium Rendimento Mensal  Obrigações Euro  Millennium GA 0,54
 Montepio Obrigações  Obrigações Taxa Indexada Euro  Montepio GA 0,51
 Millennium Euro Taxa Variável  Obrigações Taxa Indexada Euro  Millennium GA 0,45
 Postal Capitalização  Obrigações Taxa Indexada Euro  Caixagest  0,39
 Millennium Global Bond Selection  Obrigações Euro  Millennium GA 0,36
 BBVA Obrigações  Obrigações Euro  BBVA AM0,22
Fonte: APFIPP a 27 de fevereiro
Profissionais
Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos