Tags: Pensões |

PensõesGere com 29% da quota de mercado


14,4 mil milhões de euros foi o valor que estava gerido em fundos de pensões no final do ano passado, segundo os dados do Instituto de Seguros de Portugal. Este valor representa um aumento de 9,32% face a 2011, já que no final desse ano o montante gerido ascendia a 13,23 mil milhões de euros. Já em termos do número de entidades a gerir fundos de pensões, este estabilizou nas 23, com  as Empresas a Seguros a serem 12 e as Sociedades Gestoras de Fundos de Pensões a representarem as restante 11.

Já nas categorias de fundos de pensões, 2012 teve menos um fundo do que em 2011, já que houve um PPA de uma empresa de seguros que liquidou durante o ano passado.

PensõesGere com maior montante sob gestão

No topo do ranking das entidades gestoras de fundos de pensões com mais valor sob gestão aparece a PensõesGere com 4,18 mil milhões de euros, representando quase 29% do mercado. Logo depois aparece a CGD Pensões com 2,26 mil milhões e uma quota de mercado de 15,66%. A fechar a pódio vem o BPI Vida e Pensões com uma quota de mercado de 13,26% equivalente a 1,91 mil milhões de euros.

Zurich Vida no topo do crescimento

Já na evolução em relação ao ano anterior, o grande destaque vai para a Zurich Vida, com 44,45% de crescimento, passando dos 2,6 para os 3,8 milhões de euros. Logo depois vem a Generali Vida com uma taxa de crescimento de 23,11%, passando a gerir no final de 2012 5,6 milhões de euros.

Do lado oposto, aparecem duas entidades com perdas acima de 70%: A Metlife e a Real Vida. A primeira passou de 9 para 2 milhões de euros sob gestão. Já a Real Vida teve uma queda de 74,87%, passando a gerir 33 milhões de euros.

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

Próximos eventos