Tags: Alternativos |

Pedro Coelho (Square AM): “Assistiremos a um conjunto muito significativo de transações, com a predominância dos investidores estrangeiros”


As entidades que gerem fundos imobiliários também foram “chamadas” a perspetivar sobre a segunda metade do ano de 2017.

Pedro Coelho, da Square Asset Management, acredita que dentro do quadro geral de instabilidade mundial que se vive há algumas certezas no pipeline. “A manutenção das taxas de juro em níveis historicamente baixos e  algum crescimento sustentado das diversas economias mundiais”, são dois desses factos a ter em mente, comenta o administrador da entidade.

Em Portugal, por sua vez, “a continuação do crescimento económico associado à lenta descida do desemprego é um objetivo como forma de tentar pelo segundo ano consecutivo o cumprimento da meta do défice que, este ano, ainda é mais exigente”, acredita.

Transações no imobiliário manter-se-ão

Numa altura em que o sector imobiliário português está numa rota de dinamismo, Pedro Coelho acredita que continuaremos “a assistir a um conjunto muito significativo de transações, sendo a predominância dos investidores estrangeiros”.  Um vigor que para o profissional será “transversal aos diversos sectores imobiliários”, podendo ainda esperar-se uma “estagnação das yields, face à descida verificada nos últimos anos”.

 

Profissionais
Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos