Tags: Consultoria |

Patris Capital prevê novos investimentos até final do ano e tem novo fundo


Recentemente o fundo Patris Capital Partners, de cinco milhões de euros e que iniciou actividade em Outubro de 2010, fez um desinvestimento, ficando com quatro participações em carteira. "Até final do ano vamos fazer mais um ou dois investimentos, na área do sector primário, agro-indústria, serviços", afirmou. Entretanto está em fase de subscrição o Atlas Capital, que "terá 10 milhões de euros" e irá investir "em todo o tipo de sectores, em empresas mais ligadas à exportação, empresas que possam replicar o seu modelo de negócios em outros países", referiu Gonçalo Pereira Coutinho. "Pode inclusive haver investimentos em empresas de outros países", acrescentou.

Crescimento da Fincor

Sobre a evolução de outras áreas de negócio, o CEO do grupo destacou o crescimento que tem tido a Fincor, "de cerca de 100% face ao ano passado", sendo uma "das poucas corretoras que está a crescer". Um desempenho reflectido nos resultados do primeiro semestre deste ano. "A Fincor teve resultados excelentes", com um lucro de meio milhão de euros e comissões líquidas de cerca de 2,5 milhões de euros, um aumento de quase 100%, disse. É a área de negócio que actualmente pesa mais em termos de resultados e de facturação do grupo.

Na Fincor mantém-se ainda o objectivo de passar a sociedade financeira de corretagem, estando o processo no Banco de Portugal; para tal será realizado um aumento de capital, dos actuais 1,3 milhões de euros para 3,5 milhões.

Na Patris Seguros a carteira de seguros está com "um crescimento moderado, mas está a crescer", referiu Gonçalo Pereira Coutinho, destacando ainda a parceria existente com a GI 10.

Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos