Panorama de 2014: Private equity e venture capital em Portugal


Em relação aos investimentos realizados por fundos de private equity foram registradas mais de 30 transações, de acordo com os dados do Transactional Track Record. As que tiveram o valor não confidencial, mais da metade, somaram EUR 2.369,08. Os setores que atraíram os investimentos foram os mais diversos, sendo que as empresas que atuam no segmento financeiro e de seguros e no de sáude foram as que mais receberam investimentos. Dentre estes investimentos se destacou aquisição pelo fundo de private equity chinês Fosun de uma participação de 80% no capital social das seguradoras Fidelidade, Multicare e Cares, que era detido pela CGD Caixa Geral de Depósitos, por aproximadamente EUR 1.635m. É importante destacar também o considerável aumento  no número de investimentos realizados por fundos de private equity estrangeiros em 2014 em relação ao ano de 2013. 

Do ponto de vista da assessorial jurídica para as transações envolvendo fundos de private equity foi protagonista o escritório português PLMJ, já que atuou em pelo menos 30% das transações.

Em relação aos investimentos realizados por fundos de venture capital foram registrados aproximadamente 40 transações de acordo com os dados do Transactional Track Record. As transações com valor divulgado, apenas 30% do total, somaram aproximadamente EUR 24m.

No universo do venture capital as grandes protagonistas  em relação a atratividade de capital foram mas startups de tecnologia e internet. Os valores investidos estiveram entre EUR 0,02m 3 EUR 5m.

Os números em 2014 comparados com os de 2013, tanto para investimentos de private equity quanto  para venture capital, indicam que foi um ano que pode ser considerado promissor para empreendedores que cumpriram os requisitos exigidos pelos fundos de investimento. Diante deste cenário é difícil não manter o otimismo para 2015 que está  prestes a começar.

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

O Mais Lido

Próximos eventos