Outubro será o “mês vermelho” no calendário Estatal das amortizações


Serão mais de 32 mil milhões de euros que o Estado Português terá de desembolsar durante o próximo ano em Bilhetes e Obrigações do Tesouro. Cerca de 60% da dívida pública que o Estado emitiu e que terá de pagar em 2014 são bilhetes do tesouro, ou seja, mais de 18 mil milhões de euros. Durante o primeiro quadrimestre do ano, o valor mensal dos BT que vencem oscila entre 1,6 e 2 mil milhões de euros. Já os valores mais baixos do ano aparecem no mês de agosto e de novembro, que se situam abaixo dos mil milhões de euros.

O primeiro semestre será o mais equilibrado, com os valores a serem mais próximos. Já o máximo e o mínimo do ano acontece durante a segunda parte de 2014.

Junho e Outubro serão os meses das obrigações

Os meses de junho e de outubro serão os mais problemáticos para a dívida pública nacional. No mês em que se inicia o verão, o Estado terá de devolver 5,526 mil milhões de euros em Obrigações do Tesouro que se iniciaram em 2003 a uma taxa de 4,375%. Já o mês de outubro será aquele em que o Estado terá o montante mais alto para devolver aos investidores: 7780 milhões de euros em Obrigações do Tesouro que se iniciaram em 2009 a uma taxa de 3,6%.

Veja o gráfico com o as amortizações para 2014

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

O Mais Lido

Próximos eventos