Os últimos doze meses nos fundos mistos


O mercado nacional conta com mais de duas centenas de fundos de investimento, sendo que apenas cinco entram na categoria dos fundos mistos. A APFIPP divide, ainda, os fundos mistos em dois segmentos: os predominantemente obrigações e predominantemente ações. A Associação define os primeiros como fundos “cuja exposição a acções não ultrapassa 1/3 da carteira, permitindo-se que seja igual a zero desde que a respectiva política de investimentos permita aplicações no segmento accionista”. Já os fundos mistos com maior incidência em ações são definido pela APFIPP como sendo produtos “com uma exposição a acções superior a 1/3 mas inferior a 2/3 da carteira”.

Liderança destacada

O CA Raiz Global, gerido pela CA Gest, é o fundo que maior rendibilidade apresenta nos últimos doze meses. A sua subida atingiu, no final de outubro passado, mais de 10% e fechou o período em análise com mais de 3,7 milhões de euros em ativos sob gestão. A sua rendibilidade contrasta com a volatilidade que superou os 3,13%, tendo no período um Sharpe ratio de 3,11.

Para a APFIPP este produto pertence ao segmento dos fundos mistos predominantemente ações, sendo que no final de outubro a carteira detinha 56 posições de empresas cotadas e apenas 24 de títulos de dívida. Ainda assim, em termos percentuais a exposição em obrigações era maior, com cerca de 52% da carteira.

O segundo produto mais rentável faz parte do portfólio da Dunas Capital e denomina-se Dunas Banco BIC Investimentos. O fundo tinha, no final de outubro, quase 20 milhões de euros em ativos sob gestão e apresenta, nos últimos doze meses uma rendibilidade de 4,16%. Para a APFIPP o produto é “predominantemente obrigações”, com a carteira a ser constituída por 28 produtos desta classe de ativos, segundo o portal Morningstar. Nas maiores posições podemos encontrar títulos de dívida soberana de países como Itália, Alemanha ou Portugal.

A fechar o pódio aparece o Montepio Global, da Montepio Gestão de Activos. Tal como o fundo gerido pela CA Gest, o produto é “predominantemente ações” e fechou, os doze meses anteriores, ao final de outubro, com ganhos de 3,08%. Em termos de ativos sob gestão o montante atingiu mais de 5 milhões de euros.

Existem, ainda, dois produtos da Caixagest que pertencem a este segmento: o Caixagest Estratégia Arrojada e o Caixagest Estratégia Equilibrada. O primeiro atingiu, no período referenciado, uma rendibilidade de 1,57% enquanto o segundo não ultrapassou os 0,23%.

Os fundos mistos

FundoCategoria APFIPPGestoraRendibilidade 1 ano (%)Desvio-Padrão 1 ano (%) Ativos Sob Gestão Sharpe 1 ano
CA Raíz GlobalMisto de AçõesCrédito Agrícola Gest10,2953,133 3 764 466 €3,117
Dunas Banco Bic InvestimentosMisto de ObrigaçõesDunas Capital4,1632,794 19 674 672 €1,418
Montepio GlobalMisto de AçõesMontepio Gestão de Activos3,0833,142 5 145 137 €0,932
Caixagest Estratégia ArrojadaMisto de AçõesCaixagest1,5712,258 9 877 241 €0,628
Caixagest Estratégia EquilibradaMisto de ObrigaçõesCaixagest0,2351,771 141 749 634 €0,046
Análise Funds People a partir dos dados disponibilizados pela Morningstar a 31 de outubro
Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos