Tags: Negócio |

Os três fundos de obrigações com captações líquidas positivas em outubro


Depois de setembro ter sido negativo no que toca às captações líquidas dos fundos mobiliários nacionais, o mês de outubro trouxe novamente esse indicador para valor positivo. Segundo os dados publicados pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP – o saldo entre subscrições e resgates foi na ordem dos 97,1 milhões de euros.

Tendência contrária foi sentida nos fundos de obrigações. Se excluirmos os Fundos de Investimento Alternativos (FIA) da equação, a APFIPP divide os fundos de obrigações em três segmentos: obrigações euro; obrigações taxa indexada euro; e obrigações internacionais. Dessas três categorias, apenas uma conseguiu ter saldo positivo em outubro: a de obrigações euro. No mês passado essa fração obteve captações líquidas de 2,2 milhões de euros.

Entre os fundos de obrigações que compõem o mercado nacional, apenas três conseguiram registar captações líquidas positivas em outubro, sendo que dois desses produtos pertencem à categoria dos fundos de obrigações euro. Com quase 6,5 milhões de euros figura o BPI Euro Taxa Fixa que é gerido pela BPI Gestão de Activos, sendo seguido pelo Caixagest Obrigações Longo Prazo da Caixagest com quase 500 mil euros.

Em ambos os fundos os maiores investimentos são realizados em títulos de dívida pública italiana e alemã, com o fundo da BPI Gestão de Activos a gerir quase 90 milhões enquanto o da Caixagest tem 39,45 milhões de euros em património. Neste último produto, o maior investimento vai para um futuro sobre o Euro BUXL, que segue as obrigações soberanas germânicas a 30 anos.

O outro fundo com saldo positivo, em outubro, nas captações líquidas foi o Optimize Europa Obrigações. O fundo é da responsabilidade da Optimize Investment Partners e registou um saldo de quase 140 mil euros. O seu património ascende a mais de 13 milhões de euros com os maiores investimentos a serem realizados em dívida soberana italiana e polaca, além de títulos de dívida corporativa da portuguesa NOS ou da Telecom Italia.

Os fundos de obrigações com captações líquidas positivas

FundoGestoraCategoriaCaptações Líquidas
BPI Euro Taxa FixaBPI Gestão de ActivosObrigações Euro6 491 800 €
Caixagest Obrigações Longo PrazoCaixagestObrigações Euro486 700 €
Optimize Europa ObrigaçõesOptimize Investment PartnersObrigações Internacional138 900 €
Fonte: APFIPP no final de outubro

 

Empresas

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

Próximos eventos