Tags: Obrigações | Ações |

Os swaps e a sua importância


Os swaps foram a temática mais recente em debate no Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG), num evento realizado pela Associação Portuguesa de Analistas Financeiros (APAF) em parceria com a Thomson Reuters. A apresentação ficou a cargo de Julien Lorenzi, CFA, e especialista na temática abordada.

Os swaps são instrumentos financeiros derivados, sendo que são cada vez mais usados para cobertura de taxa de juro ou de risco cambial. O especialista destacou a importância dos swaps como um importante instrumento financeiro para diminuir riscos, realçando a sua grande utilização por parte de empresas, instituições financeiras, e de investimento. Em termos de valores, o especialista destacou, por exemplo, que praticamente metade do mercado de swaps de taxa de juro é em euros, sendo que a taxa de juro ocupa quase 2/3 do mercado OTC.

Dentro da indústria dos fundos de investimento e da gestão de ativos, este instrumento financeiro é pouco utilizado. Sobre esta questão Manuel Puerta da Costa, administrador da APAF, afirma que "o uso pouco frequente dos swaps entre os gestores portugueses, embora com exceções” tem a ver com o facto de existirem “poucos fundos que sejam de cobertura de risco regulamentados (hedge funds)”. Neste sentido, o profissional acrescenta ainda que “os gestores preferem a exposição a cada um dos riscos para que estão mandatados nas suas políticas de investimento de forma simples e directa".

Profissionais

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos