Tags: Gestores | Ações |

Os premiados pela Morningstar com o título de "Melhores Gestores da Europa"


Já são conhecidos os premiados da sexta edição dos Prémios Morningstar referentes ao Gestor do ano na Europa em 2015. A empresa de análise entregou em Amesterdão os galardões aos melhores gestores do ano em ações europeias, ações globais e obrigações europeias. O reconhecimento baseia-se numa análise qualitativa dos 30 membros que integram a equipa de análise na Europa, Médio Oriente e África (EMEA) da Morningstar, incidindo no estudo de 1.400 produtos disponíveis à venda na Europa. O objetivo é simples: reconhecer os profissionais que tenham realizado uma melhor gestão em 2014. Para se habilitar ao prémio pelo menos um fundo sob a alçada do gestor deve ser medalhista Morningstar, ou seja, ostentar um Morningstar Analyst Rating, que tanto pode ser Gold, Silver ou Bronze. O gestor pode ser nomeado se o fundo associado com a nomeação estiver disponível em pelo menos um mercado europeu.

Este ano o prémio de melhor gestor de ações europeias foi entregue à equipa do Invesco Pan European Structured Equity, liderado por Michael Fraikin e Thorsten Paarman. Ambos fazem parte da equipa de estratégias quantitativas que a Invesco tem em Frankfurt. Com mais de 40 anos de experiência, a empresa de análise destaca o contínuo desenvolvimento e aperfeiçoamento da metodologia implementada que realizaram em equipa, colocando a seleção de títulos no centro da estratégia. “A amplitude e a experiência da equipa é chave para a nossa confiança. Desde que em setembro de 2006 se começou a aplicar este enfoque, a equipa tem registado resultados excecionais a longo prazo, o que situa o fundo entre os melhores da sua categoria, sendo também um dos produtos com menor volatilidade. A sua força reside não só apenas na resistência que apresenta em contextos de mercado difíceis, mas também no bom trabalho realizado no processo de seleção de valores, que permitiu ao fundo estar no primeiro decil em 2014”, asseguram da Morningstar.

Como melhores gestores de ações globais em 2014 a Morningstar premiou uma estratégia de bolsa emergente reconhecendo Vicent Strauss e Wojciech Stanislawski, pelo trabalho que executam à frente do Comgest Growth Emerging Markets & Magellan. Tratam-se dos gestores da Comgest que têm gerido carteiras de ações emergentes durante 20 e 15 anos, respetivamente. Da empresa de análise indicam que ambos sempre se mantiveram fieis ao estilo de gestão. “Por vezes tem sido uma tarefa difícil, especialmente em períodos de forte subida dos mercados, que é quando é mais provável que a estratégia seja superada. No entanto, com o tempo, têm oferecido um dos melhores resultados da sua categoria em termos de rentabilidade/risco. 2014 não foi exceção e os fundos situaram-se no primeiro quartil, destacando-se o comportamento do segundo semestre, quando a volatilidade do mercado aumentou. Strauss e Stanislawski nunca tiveram dúvidas em desencorajar os investidores de entrar nos seus fundos quando acreditavam que o mercado os ia superar”.

O prémio de melhor gestor de obrigações europeias em 2015 foi atribuído a Philippe Igigabel, pelo seu trabalho à frente do HSBC GIF Euro High Yield Bond. A empresa de análise, sobre o gestor do HSBC Global AM, destaca o facto de ter um dos track record mais longos na gestão de dívida high yield (15 anos). Segundo explica a Morningstar, o gestor aplica um enfoque de alta convicção, tendo uma aposta clara por ativos de dívida financeira, posição iniciada em 2009. A empresa destaca que Igigabel manteve esta estratégia inclusive em momentos nos quais este segmento de mercado estava mais complicado, como foi o caso do ano de 2011, o que fez com que os investidores beneficiassem plenamente da recuperação registada pelo sector. Dentro da sua categoria, o fundo está no primeiro quartil a três, cinco e dez anos. Em 2014, um ano complicado para o high yield por causa das vendas massivas registadas no mercado durante o terceiro trimestre, o fundo superou 90% dos seus concorrentes. O investimento pessoal de Igigabel no fundo reforça o alinhamento dos seus interesses com os dos investidores”. 

Recorde aqui a lista completa de nomeados. 

 

Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos