Tags: Pensões |

Os melhores retornos nos fundos de pensões abertos, no último ano


No último ano, segundo as estatísticas da APFIPP, datadas de 29 de abril, são dois os fundos de pensões abertos que conseguem ganhar maior protagonismo no panorama nacional.

Com volumes geridos bastante díspares, os dois fundos em causa tratam-se de produtos  em que é dada a garantia de preservação do capital investido. O fundo mais rentável no período pertence à BBVA Fundos, alcança 1,3% de ganhos, e denomina-se de Protecção 2020 +.

O produto contempla 22,3 milhões de euros de ativos sob gestão, sendo classificado com um nível 3 de risco, pela Associação. O fundo “destina-se a investidores com uma tolerância ao risco média, que têm como objectivo a constituição de um complemento de reforma e cuja data previsível de reforma seja igual ou superior a 30 de junho de 2020”. Segundo a ficha mensal do fundo de final de março, o produto tinha nessa altura 95% da carteira alocada a dívida pública e 5% exposta a cash.

O fundo da Banif Pensões – o Banif Reforma Garantida - por seu turno, fica muito próximo do antecessor na rendibilidade a um ano, alcançando 1,2% de retorno. O produto que apresenta 0,8 milhões de euros de ativos sob gestão apresenta uma exposição a ações que pode variar entre 0% e 10%, ao passo que as obrigações podem chegar a “ocupar” a totalidade do portfólio, segundo o que é divulgado acerca do fundo, na página da internet.

 

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos