Os melhores fundos do segundo trimestre


Depois de um primeiro trimestre de 2015 em que os fundos de investimento em Portugal conseguiram atingir uma rendibilidade superior a 6%, o segundo trimestre trouxe a indústria para o vermelho. Segundo os dados fornecidos pela Morningstar através da sua plataforma, os cerca de 200 produtos disponíveis em Portugal registaram uma rendibilidade média negativa de quase 2%, com cerca de três dezenas de fundos a registarem uma evolução positiva.

Do universo de fundos com performance positiva, os dois primeiros são geridos pela Montepio Gestão de Activos e são ambos sectoriais: o Montepio Euro Telcos, e o Montepio Euro Utilities. Realce-se que estes dois produtos numa análise similar, referente ao primeiro trimestre do ano, não constavam da lista; quando se alarga o prazo de análise para primeiros seis meses do ano os dois fundos a cargo da Montepio Gestão de Activos já são uma presença visível.

O Montepio Euro Telcos fechou o segundo trimestre do ano com uma rendibilidade de 7,21% enquanto o Montepio Euro Utilities registou ganhos de 5,32%.

Os dois fundos seguintes na lista são Fundos de Investimento Alternativo (FIA) e ambos estão sob a responsabilidade da mesma entidade: a Caixagest. Com ganhos de 4,76% surge o Caixagest Infraestruturas, e com 4,07% figura o Caixagest Private Equity. A Caixagest é a entidade que gere mais FIA em Portugal, tendo no final de maio mais de 1.200 milhões de euros em património dividido por quase uma dezena de produtos desta categoria. 

Com uma rendibilidade de 3,24% figura, logo de seguida, o Dunas Banco BIC Tesouraria denominado em dólares. Foi o fundo mais rentável em maio da Dunas Capital, tendo aproveitado as oscilações cambiais a seu favor. Já com 3,16% surge o Montepio Euro Financial Services, outro fundo sectorial que está sob responsabilidade da Montepio Gestão de Activos.

Mais três acima de 2%

Acima de 2% de rendibilidade entre abril e junho existe um trio de produtos geridos por duas entidades gestoras locais. Da GNB Gestão de Ativos marca presença o NB Rendimento Fixo IV e da Caixagest figuram o Caixagest Matérias-Primas e ainda o Caixagest Imobiliário Internacional. O fundo da GNB Gestão com ganhos de 2,65% enquanto os dois da Caixagest com uma valorização de 2,17% e 2,08%, respetivamente.

Os 15 fundos com melhor performance no segundo trimestre

FundoGestoraRendibilidade 2º Trimestre (%)
Montepio Euro TelcosMontepio Gestão de Activos7,217
Montepio Euro UtilitiesMontepio Gestão de Activos5,322
Caixagest InfraestruturasCaixagest4,767
Caixagest Private EquityCaixagest4,072
Dunas Banco BIC Tesouraria (B USD)Dunas Capital - Gestão de Activos3,247
Montepio Euro Financial Services Montepio Gestão de Activos3,160
NB Rendimento Fixo IVGNB Gestão de Ativos2,653
Caixagest Matérias PrimasCaixagest2,178
Caixagest Imobiliário InternacionalCaixagest2,084
Dunas Banco Bic InvestimentosDunas Capital - Gestão de Activos1,864
BPI EuropaBPI Gestão de Activos1,403
Montepio Acções EuropaMontepio Gestão de Activos1,138
Montepio ObrigaçõesMontepio Gestão de Activos0,707
Caixagest Rendimento OrienteCaixagest0,562
BPI BrasilBPI Gestão de Activos0,541
Fonte: Morningstar no final de junho.
Empresas

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos