Tags: Negócio |

Os fundos que fecharam o ano com cinco estrelas Morningstar


Desde final de outubro passado que a empresa de análise Morningstar alterou a sua forma para calcular o rating das estrelas. A partir desse momento, a metodologia deixou cair as comissões de subscrição para o cálculo, com a Morningstar a justificar essa alteração com o facto de existirem cada menos investidores que pagam uma comissão de entrada para comprar um fundo.

No final do ano passado, a Morningstar contabilizava doze produtos com rating quantitativo máximo, ou seja, com cinco estrelas. Desses, apenas um produto tem o seu foco em equity: o BPI Portugal que é também Consistente Funds People. Este fundo da BPI Gestão de Activos é da responsabilidade de Catarina Quaresma Ferreira, e no ano passado foi galardoado algumas vezes, nomeadamente nos prémios Morningstar e também nos prémios APFIPP. O fundo existe há mais de vinte anos e numa entrevista realizada pela Funds People Portugal em meados do ano passado, a responsável pelo produto referia que “a grande proximidade de investimento que têm com as empresas" era a grande mais-valia no processo de investimento.

Fixed Income com grande representação

Dos doze produtos, sete têm como foco a classe de investimento Fixed Income. De todos eles, o CA Rendimento é o único que é marcado com o selo de Consistente Funds People. Sob responsabilidade da Crédito Agrícola Gest, o fundo tem como gestor José Valente. Na revista referente ao terceiro trimestre de 2016, o gestor do produto afirmava que o maior desafio do momento é onde encontrar valor. “Hoje é quase binário: risk on e risk off".

Encontramos, ainda, três fundos que são gerido pela GNB Gestão de Ativos, sendo que dois deles são de Fixed Income: o NB Obrigações Europa e ainda o NB Rendimento Plus. O primeiro é gerido por Vasco Teles e na factsheet de dezembro, o gestor referiu que a "exposição à inflação e à taxa de juro euro" foi o que ajudou o produto a valorizar. Já o segundo está sob alçada de João Zorro, com o gestor a referir que foi a "exposição diversificada por vários setores de risco" que permitiu "garantir alguma estabilidade nos retornos".

Há um fundo de pensões cinco estrelas

Encontramos, também, um fundo de pensões aberto na lista dos produtos que registam a classificação de cinco estrelas por parte da Morningstar. Trata-se do BPI Valorização que é gerido pela BPI Vida e Pensões. Nascido em 1993, o fundo tem mais de 185 milhões de euros em património e regista ganhos a três anos na ordem dos 3%. Atualmente, pouco mais de metade da carteira está aplicada em Obrigações de Taxa Fixa, com as Ações a representarem cerca de 30% do portefólio do produto.

Os fundos cinco estrelas no final de dezembro

Captura_de_ecra__2017-01-23__a_s_14

Fonte: Morningstar no final do ano passado

 

 

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos