Tags: Alternativos |

Os fundos imobiliários que aumentaram em mais de 1% o valor da sua carteira


O segmento de fundos imobiliários em Portugal é composto por cerca de 250 produtos que tinham, no final de abril, mais de 11.160 milhões de euros em património. Em comparação com o mês de março, houve uma queda no património sob gestão de 0,5%.

A Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP – divide os fundos imobiliários nalgumas categorias: Fundos abertos de rendimento, fundos abertos de acumulação, Fundos de Investimento Imobiliário para o Arrendamento Habitacional, Fundos de Reabilitação, Fundos Florestais e ainda os fundos Fechados. Estes últimos, no final de abril, tinham mais de 6.000 milhões de euros sob gestão, sendo a “fatia” mais representativa, com uma quota de mercado de 54%.

Quais foram os fundos que mais cresceram percentualmente?

De acordo com a Associação, foram dez os fundos imobiliários que viram crescer o seu património numa amplitude superior a 1%. De todos os fundos imobiliários aquele que mais cresceu, em termos patrimoniais, de março para abril foi o Imorocha. Este fundo fechado é gerido pela Fundger e nesse período cresceu 8,61% para mais de 4,6 milhões de euros. Verificando o relatório referente ao final do ano passado, o fundo tinha 4,479 milhões de euros de património, com o número de unidades de participação a atingir as 8.338.

Em abril, o segundo fundo que mais cresceu em termos de património foi o Norfundo. Tal como o produto anterior, este também é um fundo fechado, sendo gerido pela Atlantic. No final do mês passado o seu património ascendia a 5,16 milhões de euros, depois de um crescimento superior a 4%. No relatório e contas, referente ao ano passado, verificamos que no final de 2014 a carteira do fundo era constituída por seis imóveis, com o valor contabilístico da carteira a ascender a 4,326 milhões de euros.

O fundo Sertorius fecha o top3 dos fundos imobiliários que mais cresceram no mês em análise. Gerido pela FundBox, o fundo aumentou o valor da sua carteira em 3,22% para 17,89 milhões de euros. O número de unidades de participação, no final do ano passado, ascendia a 8.064.527,  com o valor da carteira a ser de 17,06 milhões de euros.

Os fundos que mais cresceram percentualmente em abril

FundoGestoraCategoria APFIPP Valor da Carteira Crescimento Mensal (%)
Imorocha - FEIIFFundgerFechado 4 600 000 €8,61%
Norfundo - FEIIFAtlanticFechado 5 160 000 €4,03%
Sertorius - FEIIFFundBoxFechado 17 890 000 €3,22%
ImofomentoBPI Gestão de ActivosAberto de Rendimento 156 390 000 €2,91%
Imopoupança - FEIIAFundiestamoAberto de Rendimento 13 380 000 €1,89%
Multiusos OrienteInterfundosFechado 87 490 000 €1,79%
ImoprimeGesfimoFechado 42 100 000 €1,65%
Primeiro Fundo Floresta AtlânticaFloresta AtlânticaFlorestais 24 060 000 €1,23%
Gaia DouroFundgerFechado 7 810 000 €1,09%
ImomarFundgerFechado 6 290 000 €1,08%
Fonte: APFIPP no final de abril

 

Empresas

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos