Os fundos favoritos dos selecionadores do sul da Europa


Todos os anos a Funds People questiona os selecionadores de fundos de Portugal, Espanha e Itália sobre quais são os seus produtos favoritos. A cada profissional pede-se uma lista com o máximo de dez fundos onde centram os seus interesses. Este ano, 75 profissionais acumularam 683 votos correspondentes a 384 produtos diferentes. A partir de todas as votações, a Funds People elaborou a lista dos fundos favoritos do sul da Europa. Para o fundo integrar esta lista e ter o selo A – de Favorito dos Analistas – deve acumular um mínimo de cinco votos de selecionadores em pelo menos dois países. No final, foram 19 os fundos que levam o carimbo A, correspondente a Favorito dos Analistas.

O Nordea Stable Return lidera a lista de mais votados com 21 selecionadores europeus a incluírem o fundo entre os seus preferidos, seguindo-se o UBS European Opportunity Unconstrained com 15 votos. Aparecem em seguida os fundos Jupiter European Growth e Jupiter Dynamic Bond, com 12 votos cada, e ainda o Marshall Wace Tops, com nove. Os fundos que tiveram votos nos três países, também aparecem no top 5, como é o caso do Invesco Pan European Structured, do BNY Mellon Absolute Return Equity e do Schroder Euro Equity, para além dos já mencionados Nordea Stable Return, UBS European Opportunity Unconstrained e Marshall Wace Tops.

A gestora com mais fundos favoritos é a Schroders com três produtos eleitos, seguida pela Deutsche AM e a Jupiter, com dois votos cada. Analisando a nacionalidade da gestora, contam-se oito fundos britânicos, cinco norte-americanos, dois alemães, um francês, um sueco, um sul-africano e ainda um suíço. Não há nenhum fundo português, italiano ou espanhol que tenha cinco votos em pelo menos dois países. A City manda!

Em relação à classe de ativos, os fundos favoritos que os selecionadores votaram para 2016 são na sua maioria alternativos. Existem oito produtos que pertencem a esta categoria, sendo que a maioria deles segue uma estratégia long-short. Isto embora também se encontrem produtos market neutral, como o DNCA Miui e o Old Mutual Global Equity Absolute Return, e ainda um multi-estratégias como o Standard Life GARS. Os fundos de ações são os segundos mais votados como favoritos: são seis onde predominam as ações europeias. Há três fundos de obrigações, embora seja a classe de ativos onde exista mais diversificação,  já que um fundo é de crédito, outro flexível e outro de curto prazo. Por último, existem dois fundos multiativos, entre os quais o mais votado, o Nordea Stable Return, vem acompanhado do fundo gerido por Klaus Kaldemorgen da Deutsche AM.

Em suma, em 2016 os fundos de gestão alternativa de entidades britânicas foram os mais votados entre os analistas de fundos portugueses, espanhóis e italianos. Tendo em conta tudo o que já se passou no decorrer deste ano, parece haver uma oportunidade excelente para que os produtos demonstrem a sua condição de favorito num cenário de grande mudança, onde os investidores sonham com a promessa de retorno absoluto.

Lista dos fundos favoritos

Fundo Total Portugal Espanha Itália Países Classe de Ativos
Nordea 1 Sicav - Stable Return 21 9 6 6 3 Multiactivos
UBS European Opportunity Unconstrained 15 9 3 3 3 Ações
Jupiter Dynamic Bond 12 8 4   2 Obrigações
Jupiter European Growth 12 10 2   2 Ações
Marshall Wace Tops 9 6 1 2 3 Alternativos
Invesco Pan European Structured 8 5 2 1 3 Ações
BNY Mellon Absolute Return Equity 7 1 4 2 3 Alternativos
Schroder European Alpha Absolute Return 7 6 1   2 Alternativos
Standard Life GARS 7   6 1 2 Alternativos
DWS Concept Kaldemorgen 7 1 6   2 Multiactivos
Old Mutual Global Equity Absolute Return 6 1 5   2 Alternativos
Henderson Gartmore UK Absolute  6   5 1 2 Alternativos
DNCA IS Miuri 5 1 4   2 Alternativos
Blackrock European Absolute Return 5 1 4   2 Alternativos
Schroder Euro Corporate 5 2 1 2 3 Obrigações
Muzinich Enhancedyield Short-Term  5   4 1 2 Obrigações
Schroder Euro Equity 5 4 1   2 Ações
Deutsche Invest I Top Dividend NC 5 1 4   2 Ações
Fidelity European Dynamic Growth 5 4 1   2 Ações

Fundo favorito: Pelo menos cinco votos dos selecionadores europeus, em pelo menos dois países

Próximos eventos