Tags: Pensões |

Os fundos de pensões abertos mais defensivos em destaque nos últimos cinco anos


Costuma-se ouvir dizer que a reforma são os anos dourados. E quanto maior for a poupança ao longo da vida ativa, mais dourada será a reforma futura. Dito isto, olhemos para o comportamento do conjunto de fundos de pensões abertos das entidades associadas da Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios nos últimos cinco anos.

A APFIPP divide os produtos de acordo com os níveis de risco que cada um apresenta. Desta forma, o foco desta análise serão as rentabilidades anualizadas apresentadas, à data de 4 de agosto, pelos fundos de pensões abertos entre os níveis de risco 1 e 3.

Risco muito baixo

O primeiro nível é composto por apenas um fundo. Trata-se do Real Reforma Garantida, da responsabilidade da Real Vida Pensões. Este é um produto com garantia de capital e que nos últimos cinco anos apresenta uma rentabilidade de 2,21% (líquida de comissão de gestão).

O segundo nível engloba três produtos de três entidades diferentes. O mais rentável a cinco anos desta categoria é gerido pela Ocidental Pensões, o Horizonte Segurança, cuja rentabilidade (líquida de comissão de gestão) é de 2,01%. Imediatamente a seguir surge o Victoria Multireforma com ganhos (líquidos de comissão de gestão) de 1,35%. O último fundo que compõe esta categoria pertence à CGD Pensões, chama-se Caixa Reforma Prudente e registou uma rentabilidade líquida de comissão de gestão de 1,20%. Importa destacar que neste nível de risco existe um outro produto, cuja gestão é da responsabilidade da BPI Pensões, e cuja rentabilidade nos últimos anos é de 1,30%. Contudo, a rentabilidade apresentada pelo BPI Garantia é bruta de comissão de gestão, à data de 3 de agosto.

Risco baixo a moderado

O terceiro nível de risco é o que apresenta maior número de fundos de pensões abertos, com um total de 14. Contudo, o produto que se destaca dos seus pares é o Horizonte Valorização, cuja rentabilidade (líquida de comissão de gestão) nos últimos cinco anos é de 4,96%.Por outro lado, o Optimize Capital Pensões Moderado surge como o segundo com melhor comportamento no período em análise, tendo alcançado uma rentabilidade de 4,22%. Não obstante, importa destacar que o BPI Valorização, um produto inserido no mesmo nível de risco, apesar da rentabilidade apresentada ser superior (4,72%), esta tem como data o dia 3 de agosto e é bruta de comissão de gestão. O terceiro melhor desempenho pertence ao fundo gerido pela Futuro, o Futuro Clássico, que alcançou ganhos de 3,99% no período em questão.

Destaque, ainda, para o melhor fundo com garantia de capital, cuja responsabilidade recai sob a GNB – Sociedade Gestora de Fundos de Pensões. Denominado por Multireforma Capital Garantido, este produto apresenta uma rentabilidade de 3,86% nos últimos cinco anos e é o quarto melhor produto do seu nível de risco.

Captura_de_ecra__2017-08-10__a_s_11

Fonte: APFIPP, 4 de agosto de 2017, rentabilidades líquidas de comissão de gestão.

 Nota:

  • + - Fundo com garantia de capital.
  • (2) - As rendibilidades apresentadas para estes Fundos têm como data de referência o dia 3 de Agosto de 2017  
Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos