Os fundos de fundos em 2014


De acordo com dados da CMVM, existem dezoito fundos de fundos disponíveis para os investidores portugueses e geridos por entidades locais. De acordo com a definição dada pela APFIPP, estes fundos têm de ter “pelo menos 2/3 da carteira em unidades de participação de outros fundos de investimento mobiliário”. Esta categoria subdivide-se em três segmentos de acordo com o universo de investimento: ações, misto ou obrigações.  

Entre janeiro e outubro deste ano, os dezoitos fundos de fundos portugueses apresentam uma rendibilidade média de 3,07%. Já nos doze meses anteriores ao final de outubro a rendibilidade atinge os 3,44%. Nos prazos mais alargados de análise, a rendibilidade anualizada média anda acima dos 5%.

Nesta categoria, o produto mais rentável em 2014 pertence à Montepio Gestão de Activos. Com uma rendibilidade de 9,17%, o fundo Multi Gestão Mercados Emergentes lidera a classificação investindo em produtos disponibilizados por gestoras internacionais que aplicam os seus investimentos nos mercados emergentes. Produtos como BGF Emerging Markets da BlackRock, Fidelity Emerging Markets da Fidelity Worldwide Investment e ainda o Schroder ISF Emerging Markets da Schroders estão entre as maiores posições da carteira do fundo da Montepio Gestão de Activos. De notar, ainda, que este produto se insere na subcategoria dos fundos de fundos predominantemente de ações.

Um pouco mais longe da liderança, aparecem dois fundos da Millennium Gestão de Activos: Millennium Prestige Valorização e Millennium Prestige Conservador. O primeiro investe mais em ações enquanto o segundo opta pelas obrigações.

No caso do Millennium Prestige Valorização, este fundo fechou os primeiros dez meses do ano com uma rendibilidade de 3,63% e uma carteira composta por produtos como o BGF European Focus, Franklin Mutual European da Franklin Templeton Investments ou ainda o db x-trackers MSCI Europe, ETF gerido pela DeAWM.

Com uma rendibilidade de 3,21%, o Millennium Prestige Conservador apresenta uma carteira mais defensiva com um investimento superior em obrigações face ao produto anterior. Podemos encontrar na sua carteira produtos como o BlueBay Investment Grade Libor Acc I EUR, o Parvest Bond Euro Government I ou ainda o Fidelity European High Yld Y-Acc-EUR.

O melhor dos fundos de fundos mistos

Entre os fundos de fundos mistos, aquele que apresenta a maior rendibilidade em 2014 é o BPI Selecção, gerido pela BPI Gestão de Activos. Este fundo tem a particularidade de investir apenas em produtos da “casa” e em 2014 a sua rendibilidade foi de 3,17%.

Os fundos de fundos no mercado nacional

FundoGestoraCategoriaRendibilidade 2014 (%)Rendibilidade 3 anos (%)Rendibilidade 5 anos(%)
 Multi Gestão Mercados Emergentes  Montepio GA  Fundos de Fundos - Ações 9,172,672,89
 Millennium Prestige Valorização  Millennium GA  Fundos de Fundos - Ações 3,639,766,67
 Millennium Prestige Conservador*  Millennium GA  Fundos de Fundos - Obrigações 3,215,464,53
 BPI Selecção  BPI GA  Fundos de Fundos - Mistos 3,174,982,41
 Montepio Multi Gestão Equilibrada  Montepio GA  Fundos de Fundos - Mistos 2,956,604,68
 Millennium Prestige Moderado  Millennium GA  Fundos de Fundos - Mistos 2,956,835,42
 Montepio Multi Gestão Prudente  Montepio GA  Fundos de Fundos - Obrigações 2,904,813,45
 Popular Global 50  Popular GA Fundos de Fundos - Mistos 2,266,884,66
 Popular Global 75  Popular GA  Fundos de Fundos - Ações 2,187,735,32
 Popular Global 25  Popular GA  Fundos de Fundos - Obrigações 1,974,803,17
 BPI Universal  BPI GA  Fundos de Fundos - Mistos 1,375,424,36
 Montepio Multi Gestão Dinâmica  Montepio GA  Fundos de Fundos - Ações 1,036,324,49
Fonte: APFIPP a 31 de outubro

 

Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos