Os fundos de ações europeias mais consistentes durante a crise


Março de 2009 marcou um ponto de viragem nas ações. Foi o mês em que o mercado atingiu mínimos históricos, para a seguir se iniciar uma tendência de subida que, no caso do MSCI Europe, conduziu de novo o índice a máximos históricos, depois de ter oferecido uma rentabilidade anualizada de 14% durante os últimos cinco anos. Ainda assim, existem muitos fundos de investimento que têm conseguido oferecer aos seus participantes uma rentabilidade muito superior àquela que tem sido registada pelo índice no mesmo período. Dentro do universo de produtos das gestoras internacionais que fazem parte da categoria Morningstar “Ações europeias capitalização flexível”, o produto mais destacado foi o MFS Meridian Funds European Smaller Companies Fund, que “desde 2009 tem registado uma rentabilidade anualizada de 22,6%”.

Trata-se de um fundo com um património que atualmente ronda os 530 milhões de euros, e com um rating de cinco estrelas atribuído pelo Morningstar. 66% da carteira investe em ações de média capitalização, enquanto o resto se divide entre empresas de grande capitalização (15%) e small caps (18%). Atualmente mais de metade do capital está investido em valores fora da zona euro (62%). De destacar é o grande posicionamento do gestor no mercado inglês, onde o investimento é de 48% na carteira. Já 38% do total do fundo é investido na Zona Euro. Os sectores com maior peso são o industrial (20%), o consumo cíclico (19%) e os bens essenciais (18%).

Depois deste produto da MFS Investment Management, o lugar é ocupado pela BlackRock, com o BlackRock Strategic Funds European Opportunities Extension, cuja rentabilidade anualizada nos últimos cinco anos ascendeu a 23,1%. Tal como o antecessor, este fundo também arrecada 5 estrelas atribuídas pela Morningstar, ainda que com um volume de ativos sob gestão inferior (80 milhões). Neste caso, mais de metade da carteira está investida em empresas de grande capitalização (53%). A restante parcela divide-se entre valores de média capitalização (17%) e pequena (29%). Ao contrário do fundo anterior, o principal destino do investimento é a zona euro (48%), sendo o sector financeiro (19%), o tecnológico (18%) e a saúde (16%), os sectores de maior peso.

A BlackRock é a única gestora que consegue posicionar dois dos seus fundos entre os mais rentáveis a cinco anos, tendo também em sétimo lugar do ranking o fundo BlackRock Global Funds European Small & Mid Cap Opportunities. Este é um fundo que conta com um património de quase 400 milhões de euros, tendo um ganho de 19,9% desde 2009.

Ao terceiro lugar do pódio sobe o JOHCM European Select Val, um fundo com um património de 1.060 milhões de euros, e que nos últimos anos tem oferecido uma rentabilidade anualizada de 22,4%.  Trata-se de um fundo de estilo blend, que atualmente expõe 64% da sua carteira a valores de grande capitalização. Uma percentagem muito baixa da carteira é ainda destinada a empresas de pequena capitalização (67%). Cerca de 4% são também investidos no mercado de ações dos EUA. As maiores apostas sectoriais concentram-se em empresas de bens essenciais (21%) e de consumo cíclico (17%).

No quarto lugar das rentabilidades anualizadas a cinco anos, situa-se o Franklin European Growth, que gera um retorno de 20,7%. Também com 5 estrelas atribuídas pela Morningstar, o fundo tem um património de 2.370 milhões de euros. Carateriza-se pelo forte peso que os gestores dão a empresas de média capitalização (54%), investindo 46% da carteira na zona euro, e 38% no Reino Unido. Numa recente visita a Lisboa, Michael Clements, um dos gestores do produto, revelava que tem uma filosofia que assenta em procurar empresas que negoceiem abaixo do seu valor real, e que contem com perspetivas de crescimento muito fortes. “Interessam-nos aquelas empresas que são especialistas numa coisa em específico, que têm marcas fortes, retornos elevados e elevados fluxos de capital. Apesar das valorizações já não serem as de 2009, na Europa existem grandes empresas  que ainda estão desvalorizadas”, explicava durante essa apresentação em Lisboa.

Depois deste fundo da Franklin Templeton, aparece o Crediinvest SICAV International Value, com uma rentabilidade anualizada a cinco anos de 20,3% e com uma rating Morningstar inferior aos anteriores (4 estrelas). À semelhança do que acontecia com o anterior, também este fundo centra a sua maior aposta em empresas de média capitalização (47%), ainda que o peso da zona euro seja maior (58%). Com cerca de 558 milhões de euros sob gestão, este fundo destaca-se pela forte concentração sectorial no consumo cíclico (38%), industrial (34%) e pela forte exposição ao mercado norte-americano, onde a carteira investe quase 10%.

No entanto, de todos os fundos incluídos no ranking, o que maior exposição tem ao mercado norte-americano (15% da carteira) é o Alken European Opportunities, gerido por Nicolas Walewski, um dos gestores mais reputados da indústria. Desde 2009, o gestor conseguiu uma rentabilidade anualizada de 20%. O forte interesse dos investidores por este produto foi tão forte durante 2013, que em setembro a Alken Asset Management encerrou estrategicamente o fundo a novos investidores. Atualmente o fundo com um rating 5 estrelas da Morningstar, investe 58% da sua carteira em empresas da zona euro, destacando-se para além disso o forte peso da Europa Emergente (9%).

Para além do BlackRock Global Funds-European Small&Mid Cap Opportunities, completam também a tabela dos 10 mais rentáveis, o JPMorgan Funds–Europe Focus, com uma rentabilidade anualizada a cinco anos de 19,2%, o Ulysses L.T. Funds European General (17,6%) e o Nordea-1 European Small Cap Equity Fund, com um retorno anualizado de 17,3% desde 2009.

Fundo

Rentabilidade anualizada a 5 anos (%)

Rentabilidade anualizada 3 anos (%)

MFS Meridian Funds European Smaller Companies Fund

23,66

15,5

BlackRock Strategic Funds European Opportunities Extension Fund

23,16

17,67

JOHCM European Select Val

22,46

12,33

Franklin European Growth

24,74

13,11

Crediinvest SICAV International Value

20,37

8,25

Alken European Opportunities

19,94

14,91

BlackRock Global Funds - European Small & Mid Cap Opportunities

19,87

11,4

JPMorgan Funds – Europe Focus

19,24

13,27

Ulysses L.T. Funds European General

17,63

9,72

Nordea-1 European Small and Middle Cap Equity Fund

17,34

7,61

Fonte: Morningstar

Empresas

Outras notícias relacionadas


Anterior 1
Anterior 1

O Mais Lido

Próximos eventos