Tags: Alternativos |

Os fundos abertos de rendimento na última década


Depois de termos analisado os fundos de investimento imobiliário nos últimos dez anos é hora de vermos o que se passou nos fundos abertos de rendimento. Relembramos que os fundos imobiliários abertos de rendimento são aqueles que distribuem “periodicamente aos participantes os rendimentos gerados pelas respectivas carteiras”. Segundo a Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – APFIPP –, são cinco os fundos que se inserem neste segmento, com apenas quatro a apresentarem dados para os últimos dez anos, à data de final de setembro passado.

Entre os fundos que se incluem neste segmento encontramos o maior produto nacional: o Fundimo que é da responsabilidade da Fundger. Além de ser o maior produto do sector imobiliário é, também, o mais antigo, tendo sido lançado em meados de 1987. No final de agosto o produto tinha um valor de carteira de 559 milhões de euros e registava, nos dez anos anteriores ao final de setembro, ganhos anualizados de 1,49%. Em termos de distribuição de rendimentos, neste fundo acontecem “no primeiro dia útil de junho e dezembro, com possibilidade de reaplicação automática”, conforme descreve o prospeto do produto.

Apesar de ser o maior produto do mercado, não é aquele que regista melhor desempenho nos últimos dez anos, entre os fundos abertos de rendimento. Esse título vai para o fundo VIP que é gerido pela Silvip. No período em análise regista ganhos anualizados de 3,45%, e tal como o fundo anterior, foi lançado durante a década de 1980. Contrariamente ao Fundimo, este produto distribui rendimentos nas “datas de 15 de março, junho, setembro e dezembro”, conforme esta explícito no prospeto do produto. No mesmo documento pode ler-se, ainda, que o fundo está “orientado para a constituição de pequena e média poupança, destina-se a um perfil de investidor conservador. No final de agosto o seu valor em carteira fica perto dos 300 milhões de euros.

Com mais de 300 milhões de euros em carteira e uma rendibilidade anualizada de 2,63% vem o fundo Imofomento que é gerido pela BPI Gestão de Activos. Este fundo foi lançado no decorrer de 1994 e desde então que distribui os seus rendimentos duas vezes por ano: em julho e em janeiro.

Fundos com rendibilidades anualizadas positivas

Abertos_de_Rendimento_10Y_Set16

Fonte: APFIPP no final de setembro. Ordem alfabética dos fundos.

Empresas

Próximos eventos