Os fluxos anuais de ETF de ações alcançaram máximos históricos


O investimento em produtos cotados à escala mundial cresceu em dezembro, na sequência da decisão da Fed de começar a reduzir o seu programa de compra de obrigações, no valor de 85.000 milhões de dólares. Esta medida dissipou a incerteza dos mercados, e os produtos de ações cotados responderam positivamente.  Aumentaram o seu volume de investimento em dezembro até aos 28.900 milhões de euros nos mercados desenvolvidos, segundo o ETP Landscape da BlacRock referente ao último mês do ano passado.

Os fluxos anuais registados pelos ETF de ações alcançaram o seu máximo histórico, situando-se nos 247.300 milhões de euros, melhorando assim os resultados de 2008, que foi o único ano em que se superaram os 200.000 milhões de dólares. Os produtos expostos aos EUA captaram 174.800 milhões de dólares em 2013, seguidos dos expostos ao Japão, com 38.200 milhões. Os fundos europeus melhoraram na segunda metade do ano, encerrando com 26.700 milhões (mais do dobro do valor alcançando em 2012).

Os produtos com estratégia de ações smart beta registaram um volume de investimento histórico de 65.100 milhões de dólares em 2013, dobrando quase o valor do ano passado. Por outro lado, o investimento em ETP de obrigações não alcançou os níveis de 2012, ainda que tenha crescido ao captar 27.500 milhões de dólares. A sua solidez foi mantida graças à alocação feita pelos investidores a produtos cotados de curta duração, na ordem dos 35.900 milhões.

As saídas registadas nos ETP de ouro em 2013 (que ascenderam a 40.100 milhões de dólares) prejudicaram o volume total de investimentos registados nos últimos 3 anos, já que o preço deste metal precioso caiu do seu nível máximo, obrigando os investidores a recorrerem às ações para conseguirem rentabilidades mais atrativas. 

Anexos

Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos