Tags: Negócio |

Ordens recebidas pelas gestoras de ativos nacionais aumentaram 25% em 2014


O valor das ordens sobre instrumentos financeiros recebidas pelos intermediários financeiros que estão registados na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) atingiram mais de 209 mil milhões de euros em todo o ano passado, o que representa um aumento de 2,8% face ao ano de 2013.

Nas gestoras de ativos houve aumentos, tanto nas residentes como nas não residentes. No caso das primeiras, o ano fechou com um total de 22,8 mil milhões de euros o que representa um aumento de 25%, enquanto as não residentes cresceram 114% para 3,5 mil milhões de euros. Em termos de classe de ativos, as ações continuam a ser a preferidas para as não residentes enquanto os títulos de dívida pública dominam nas residentes, embora pela margem mínima para as ações.

Dezembro a vermelho

O último mês do ano trouxe uma queda das ordens recebidas praticamente em todos os segmentos de mercado, o que influenciou de certa forma os resultados do ano passado.

As ordens recebidas pelas gestoras de ativos residentes caíram 39% para 706 milhões de euros enquanto as não residentes tiveram uma queda de 32% para 132 milhões de euros.

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos