Tags: Negócio |

O ‘trio isolado’ das subscrições líquidas positivas


Nada ajudou no prato da balança do negócio de fundos mobiliários, em janeiro. As saídas de dinheiro, segundo o que conta a APFIPP no seu relatório mensal, foram provocadas não só pelos naturais resgates (que se cifraram em 580,9 milhões de euros), mas também pela liquidação de um fundo em concreto, que fez ‘sair’ da equação um montante de 1,5 milhões de euros. Estas variáveis fizeram com que a indústria de fundos mobiliários terminasse janeiro com um resgate líquido que superou os 152 milhões de euros.

Perante o cenário descrito, torna-se óbvio que poucas entidades conseguirem subscrições líquidas positivas no mês. Apenas três – a BPI Gestão de Activos, a Invest Gestão de Activos e a Optimize Investment Partners – somaram entradas de dinheiro em janeiro.

Entidades com captações líquidas positivas em janeiro 

   

Fonte: APFIPP, 31 de janeiro 

Como é visível no gráfico, a entidade que conseguiu maior volume de captações líquidas no mês foi a BPI Gestão de Activos. No primeiro mês do ano a entidade registou um volume de 149,6 milhões de euros em subscrições, enquanto que os resgates foram de 118,8 milhões de euros. Contas feitas, a entidade conseguiu um saldo líquido de 30,7 milhões de euros.

A Optimize IP foi segunda entidade com maior montante de subscrições líquidas em janeiro. No mês entraram 3,6 milhões de euros nos fundos e saíram 1,6 milhões, o que perfaz um volume de subscrições líquidas ligeiramente superior a 2 milhões de euros.

Fechou esta tríade a Invest Gestão de Activos, que registou no mês entradas de 328,1 mil euros, e resgates de 34,6 mil euros, o que lhe conferiu no mês um saldo líquido entre susbcrições e resgates de 293,5 mil euros.

Fundos BPI na linha da frente

Não é de estranhar que seja a BPI Gestão Activos a liderar este ranking. Os fundos da casa foram novamente campeões nas subscrições, destacando-se nomes como o BPI Liquidez o BPI Reforma Segura PPR ou o BPI Moderado.

Recorde-se que no segmento de gestão de patrimónios a entidade também tem dado nas vistas. No mês de janeiro a BPI GA foi a gestora de patrimónios que mais conseguiu crescer, mais concretamente 2,58%, ficando muito próxima dos 8 mil milhões de montante gerido, neste segmento de negócio. 

 

Upload
Empresas

Outras notícias relacionadas


Próximos eventos