Tags: Negócio | Europa |

Novo impulso no primeiro trimestre de 2014


Os três primeiros meses do ano foram de “quebra” de recordes na indústria de fundos europeia UCITS e não UCITS, relata o último relatório da EFAMA. 

Segundo a Associação, o mercado de fundos de investimento europeu conseguiu uma marca inédita: ultrapassou a meta dos 10 biliões de euros  de património. 

Início de ano a todo o gás

Portugal também seguiu o “trilho” dos bons resultados da generalidade da indústria do velho continente. Depois de ter terminado 2013 com 24,6 mil milhões de euros sob gestão, o mercado de fundos nacional ganhou novo fôlego em 2014, e no término de março tinha 25,5 mil milhões de euros de património líquido, o que se traduz num crescimento de 3,3% face ao final do ano passado. 

Recorde-se que a barreira dos 25 mil milhões de euros de ativos líquidos sob gestão já tinha sido ultrapassada no final de setembro do ano passado, quando a soma perfez 25,2 mil milhões de euros. 

Acima de...

Dos 27 países da União Europeia, saliente-se que o património da indústria de fundos nacional ultrapassa as somas arrecadas de nove países: Bulgária, República Checa, Grécia, Hungria, Malta, Roménia, Eslováquia, Eslovénia e Turquia.

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos