Novembro impulsionou os fluxos nos ETPs de ações


O último ETP Landscape referente a novembro elaborado pela BlackRock dá conta do 17.º mês de valores record nos fluxos de ETPs a nível global. Este crescimento permite também o aparecimento de um novo máximo anual com os ativos colectivos a atingirem os 267.9 mil milhões de dólares.

Segundo o documento, as perspetivas de crescimento económico que favorecem os EUA, permitiram uma rápida recuperação da correção que aconteceu nos mercados em outubro, e resultou numa maior aceleração nos fluxos das ações norte-americanas em 36.1 mil milhões de dólares. A liderança foi assumida pelos fundos de empresas de grande capitalização, que arrecadaram 22.7 mil milhões de dólares, o que representa o maior montante de entradas de dinheiro dos últimos seis meses. No documento pode ler-se que as baixas taxas de juro, também reorientaram o apetite dos investidores para os ETPs de rendimento, que arrecadaram 5.1 mil milhões de dólares.

Os ETPs de ações japonesas cotados nos EUA e na Europa, por seu lado, acumularam 4.1 mil milhões de dólares em resposta aos anúncios da expansão de estímulos e às aquisições de participações pelo Fundo de Investimento de Pensões do Governo japonês.

O início das compras de títulos pelo BCE, e o compromisso do Banco Central de uma acção ainda maior, ajudou as entradas de dinheiro nas obrigações europeias, que alcançaram os 2 mil milhões de dólares, predominantemente ao nível da dívida corporativa investment grade.

O surpreendente corte da taxa de juro na China, com o objectivo de suportar o crescimento económico, foi bem recebido pelo mercado e trouxe um pequeno aumento dos fluxos para os ETPs cotados no mercado europeu e norte-americano. Contudo, os outflows nos fundos cotados na bolsa chinesa continuaram, sendo o terceiro mês em que tal acontece. 

Anexos

Empresas

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos