Tags: Negócio | Consultoria |

Negócio de banca privada vive importante fase crescimento


O negócio global de grandes patrimónios apresentou, ao longo de 2013, um importante crescimento. Em média as 25 entidades mais relevantes neste segmento registaram um aumento de 11,3% no seu património, segundo revela o relatório elaborado pela consultora britânica Scorpio Partnership, “The Global Private Banking Benchmark 2014”. A nível geral, o rácio de crescimento foi de 19,7% e colocou a indústria próxima do patamar dos 20,3 biliões de dólares no final do ano passado.

O ranking é liderado pelo grupo suíço UBS com 1,9 biliões de dólares, seguindo-se o Bank of America Merrill Lynch com 1,8 biliões e o Morgan Stanley com 1,4 biliões. Em quarto e quinto lugares estão o Credit Suisse com 888.200 milhões e o Royal Bank of Canada com 673.200 milhões. Assim e, sem alterações no "top 5" face a 2012, sublinha-se a presença única de uma entidade espanhola neste ranking - o Santander Private Banking, em décimo oitavo lugar - e, igualmente, de duas casas com presença no nosso país: o Barclays e o Credit Suisse que abriu no verão do ano passado as portas do seu escritório em plena Avenida da Liberdade em Lisboa

Recorde-se, ainda, que os negócios de banca privada do Bank of America Merrill Lynch e Morgan Stanley, na segunda e terceira posições deste ranking, respetivamente, foram alvo de aquisições por parte do Julius Baer e Credit Suisse durante 2013. O relatório destaca precisamente a forte subida da primeira, que se aproxima agora do top ten de entidades de private banking mais importantes a nível global, após a compra do negócio de banca privada internacional do Bank of America Merrill Lynch. De acordo com a mesma fonte, os ativos sob gestão do Julius Baer aumentaram cerca de 40,7% situando-se nos 285.000 milhões. Também o Credit Suisse realizou uma operação corporativa no ano passado, quando no primeiro trimestre comprou os negócios de banca privada da Morgan Stanley na Europa, Médio Oriente e África.

 

Ranking mundial de entidades de private banking por ativos

Global Ranking

Instituição

Em mil milhões
de dólares

Crescimento 
2013

1

UBS

 1.966,9  

15,4%

2

Bank of America Merrill Lynch

 1.866,6  

12,5%

3

Morgan Stanley

 1.454,0  

17,5%

4

Credit Suisse

 888,2  

9,5%

5

Royal Bank of Canada

 673,2  

5,6%

6

BNP Paribas

 395,1  

11,4%

7

Deutsche Bank

 384,1  

13,7%

8

HSBC

 382,0  

-4,0%

9

JPMorgan

 361,0  

13,5%

10

Pictet

 338,1  

12,0%

11

Goldman Sachs

 330,0  

12,2%

12

Julius Baer

 282,5  

40,7%

13

Barclays

 233,3  

15,8%

14

ABN Amro

 231,7  

8,9%

15

Northern Trust

 221,8  

12,2%

16

Wells Fargo

 218,0  

7,0%

17

Lombard Odier

 198,0  

12,8%

18

Santander 

 196,5  

14,9%

19

BNY Mellon

 185,0  

3,4%

20

Crédit Agricole

 182,0  

5,6%

21

BMO Financial Group

 171,7  

7,3%

22

CIC

 141,8  

-2,9%

23

Société Générale

 116,3  

3,6%

24

Bank Safra Sarasin

 115,6  

22,3%

25

Citi Private Bank

 112,3  

10,2%

Fonte: Scorpio Partnership Global Private Banking Benchmark 2014. O estudo acompanha 200 instituições financeiras desde há 13 anos.

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos