Tags: Negócio | Multiativos |

Multi-Asset é sinónimo de solução “todo o terreno”


Na sua mente com perguntas como “vou ter dinheiro suficiente para fazer o que pretendo no futuro?” ou “como é que os meus investimentos podem ajudar os meus planos futuros?”, atualmente os investidores são confrontados com uma procura constante de soluções na indústria financeira. James Bateman, head of portfolio management da Fidelity Worldwide Investment, no último Media Forum realizado pela gestora em Londres, deu conta da solução apresentada pelos fundos Multi-Asset, nomeadamente o FF Global Multi Asset Income Fund.

Segundo o profissional, a tendência de procura de soluções vai ser uma vertente forte no futuro, com os principais vectores de crescimento a serem guiados pela volatilidade e diversificação, pelo aconselhamento focado na era pós-RDR (Retail Distribution Review), pelo crescimento das plataformas que se dirigem diretamente ao consumidor, bem como pela área das pensões e dos rendimentos para a reforma.

Combinando três áreas em que a casa tem expertise, a Fidelity tenta enquadrar o risco, a partir da “Solutions design”, da “Strategy selection” e da “Tactical asset allocation”.

O foco da equipa

Na primeira área – a de solutions design – tenta-se responder à questão de como é que se pode gerir o risco no longo prazo. Para isso, esta equipa foca-se no desenho de soluções que se concentrem na entrega de resultados para o cliente. São desenhadas soluções “que encontrem a solução ideal para o longo prazo”, para cada cliente tendo em conta as suas necessidades e constrangimentos, explicou James Bateman . “A viagem é tão importante como o destino”, resume da Fidelity, no sentido de caraterizar esta área.

Quando se impõe a pergunta “que classe de ativos é que eu devo escolher agora?”, entra em ação a área de Tactical Asset Allocation. A este nível são tiradas vantagens do curto prazo, e constroem-se modelos quantitativos que se fundamentem na experiência do investimento aprofundado. A partir dos modelos táticos de alocação de ativos, segue-se depois a discussão no grupo de asset allocation, que antecede a implementação dos templates. É portanto “importante a oportunidade de acrescentar valor no curto prazo devido às falhas de mercado, para reconhecer eventos significativos e para reagir de forma exagerada ao ruído”.

Segue-se a pergunta óbvia: “Como posso diversificar o meu portfólio?”. A área definida como “Strategy Selection” centra a sua ação na procura dos melhores gestores. Como? Através da implementação de estratégias ativas, passivas, e ainda das smart strategies. O especialista reforça que a “a habilidade de um gestor é algo raro e, por isso, a única maneira  de a verificar é através de um research profundo e minucioso”.

A necessidade de um retorno estável, conduz a gestora internacional à abordagem Multi Asset. Uma solução que apelidam de “todo o terreno” e que proporciona um “retorno estável e elevado”, através de caraterísticas como a diversificação e a flexibilidade. O FF Global Multi Asset Income Fund combina três estratégias distintas: ativos de rendimento (essencialmente dívida com maior qualidade), ativos de rendimento e crescimento (essencialmente dívida high yield) e, por fim, ativos de crescimento (essencialmente ações).

Empresas

O Mais Lido

Próximos eventos