Mudança de líder nos fundos mais rentáveis dos últimos doze meses


O início de 2016 tem sido bastante atribulado nos mercados financeiros, onde a volatilidade tem sido actor principal no mundo financeiro. Essa volatilidade também mexeu com os fundos mais rentáveis dos últimos doze meses, sobretudo no primeiro mês de 2016, com a constante mudança do “camisola amarela”.

O ranking é elaborado pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios – AFIPP – que todas as semanas mostra a lista dos dez produtos mais rentáveis dos últimos doze meses. No entanto, nessa lista “não foram considerados nem os Fundos Poupança Acções nem os Fundos Poupança Reforma por terem um Regime Fiscal distinto dos outros FIM Nacionais”, além dos dados não considerarem “comissões de subscrição e resgate, bem como outras comissões e encargos eventualmente suportados directamente pelos participantes, que variam de acordo com as condições estabelecidas no regulamento de gestão de cada Fundo”.

Depois de liderar a lista por seis semanas consecutivas, o fundo Caixagest Rendimento Nacional da Caixagest, cedeu o primeiro lugar ao fundo Montepio Obrigações que é da responsabilidade da Montepio Gestão de Activos. Nos doze meses anteriores ao final do dia 18 de março, o fundo registou uma rendibilidade de 1% com o seu património a rondar os 8 milhões de euros. No final de janeiro o maior investimento em carteira ia para obrigações corporativas do BCP, seguido de títulos de dívida da Intesa Sanpaolo.

O segundo produto mais rentável vai para o anterior líder, que já foi mencionado. O fundo Caixagest Rendimento Nacional, da Caixagest, regista no período em análise ganhos de 0,9% com um património superior a 97 milhões de euros. O terceiro fundo mais rentável é o Caixagest Obrigações Longo Prazo, também da Caixagest, que atinge uma valorização de 0,8% nos doze meses anterior a 18 de março, com o seu património a superar os 36,7 milhões de euros.

A quarta posição é ocupada por um fundo de ações. Trata-se do Montepio Euro Utilities, da Montepio Gestão de Activos, que regista uma rendibilidade de 0,6% nos últimos doze meses com o seu património a ser de 10,6 milhões de euros. O fundo investe no sector europeu de utilities e entre os maiores investimentos em carteira encontramos a National Grid, a Iberdrola ou a ENEL.

Os dez produtos mais rentáveis nos últimos doze meses

Fonte: APFIPP a 18 de março de 2016

 

Empresas

O Mais Lido

Próximos eventos