Tags: Obrigações | Ações |

“Moçambique, um novo lugar no xadrez internacional”


“A nossa apreciação global é positiva, sendo evidentes grandes melhorias desde a última visita (há três anos)”. Segundo este estudo, são visíveis desenvolvimentos ao nível das infraestruturas das cidades e a existência de toda uma multiculturalidade devido à crescente presença de estrangeiros no país. Nesse sentido é realçado que “do ponto de vista do investidor internacional, Moçambique é um país prospero, com inúmeras oportunidades de negócio e considerável potencial de crescimento em praticamente todos os sectores da actividade económica”.

Percepcionando o risco político como reduzido, salientam alguns desafios de “dimensão considerável” que se impõem às autoridades moçambicanas para que se alcance  um crescimento económico  sustentável: “o crescimento que se perspectiva deverá beneficiar toda a população, devendo também ponderar-se o beneficio inter-geracional, as desigualdades e problemas de governância, a falta de mão de obra qualificada, limitações ao nível das infraestruturas que são inexistentes ou precárias”.

A importância de uma boa gestão dos proveitos obtidos pela exploração de recursos naturais é, naturalmente, referida. O carvão e gás natural são vistos “como janela de oportunidade para reformular a estrutura económica e social”. Ao nível macro, “o alargamento da base fiscal constitui um dos maiores desafios que as autoridades enfrentam nos próximos anos”.

Próximos eventos