Tags: Negócio |

Mercado português acalmou no mês passado


O primeiro mês do segundo semestre trouxe “mares calmos” ao principal índice de referência nacional: o PSI-20. Segundo os dados publicados pelo regulador o índice bolsista nacional registou uma valorização, em julho, de 6,6% diminuindo assim as quedas em 2016 para 10,6%. Em termos numéricos, o PSI-20 fechou o mês de julho nos 4.747,72 pontos, que compara com os 4.456,66 pontos no mês de junho.

Analisando a volatilidade, em julho foi de 15,76%, o segundo valor mais baixo de 2016 e um dos mais baixos nos últimos 24 meses – tal como mostra o gráfico seguinte. Em termos acumulados, nos primeiros sete meses de 2016 o valor da volatilidade foi de 24,5%, um valor mais alto do que os 22,39% registados no mesmo período do ano passado.

Volatilidade nos últimos 24 meses

Gra_fico_Volatilidade_7M_2016

Fonte: CMVM

No que diz respeito às transações no mercado secundário a contado, verifica-se que no caso das Unidades de Participação (UPs) o valor foi de 3,2%, um valor mais baixo em 55% face ao registado no mês anterior. Em termos acumulados, foram transacionados nos primeiros sete meses do ano mais de 41,9 milhões de euros, menos do que os 69,5 registados no mesmo período do ano passado.

A mesma tendência de queda foi registada nos ETFs, já que em 2016 foram transacionados 2,2 milhões que compara com os 95,5 milhões de euros no mesmo período de 2015. Em julho o valor negociado foi de 0,1 milhões de euros.

Outras notícias relacionadas


O Mais Lido

Próximos eventos