Tags: Alternativos |

Mercado imobiliário está em movimento


A CMVM já revelou os dados relativos do mês de outubro, referentes ao segmento imobiliário nacional. Segundo os dados publicados pelo regulador, no final de outubro, "o valor sob gestão dos fundos de investimento imobiliário (FII), dos fundos especiais de investimento imobiliário (FEII) e dos fundos de gestão de património imobiliário (FUNGEPI) situou-se em 10.537,9 milhões de euros, menos 24,3 milhões de euros (0,23%) do que em setembro".

Apesar do decréscimo no total do segmento, o "montante subiu nos fundos de investimento imobiliário, 0,1% para 7.556,5 milhões de euros". Nos restantes dois segmentos, fundos especiais de investimento imobiliário e nos FUNGEPI, a descida foi, "respetivamente, 1,3% para 2.464,2 milhões e 0,3% para 517,2 milhões de euros", segundo revela o documento.

Norfin é a segunda maior entidade

Uma das novidades de outubro, face a setembro, é a subida da Norfin ao segundo lugar da lista das maiores entidades gestoras de fundos imobiliários. Esta ascensão deveu-se, sobretudo, à passagem de três fundos de investimento imobiliário para arrendamento habitacional da Fundger para a Norfin: o Caixa Arrendamento, o Caixa Imobiliário e ainda o Cidade de Portugal.

Com esta transferência de gestão, a Norfin ficou com uma quota de mercado de 12,3%, atrás da Interfundos (13,6%) e à frente da Fundger (9,3%). No mês passado, os fundos Fimes Oriente e Invesfundo VII também foram transferidos da Gesfimo para a GNB Gestão de Ativos.

 

Empresas

Próximos eventos